Política

23/10/2020 14:00

ELEIÇÕES 2020

Veja as propostas de Edimar Salomon e do Pros para São Bento do Sul

DIVULGAÇÃO

Edimar Salomon e o candidato a vice, Givanildo Cech, o Giva

Christian Hacke - christian@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) de São Bento do Sul, que tem como candidato à prefeito o vereador Edimar Salomon, apresentou na última semana o plano de governo para melhorias no município, caso o partido obtenha êxito na eleição. A sigla vai disputar o pleito de chapa pura, tendo como vice o comerciante Givanildo Cech, o Giva.

Edi tem 76 anos, declarou possuir ensino médio incompleto e é natural de São Bento do Sul. Givanildo também é são-bentense, é comerciante e tem 44 anos, possuindo ensino médio completo. Eles participam nesta sexta-feira (23), às 19 horas, de uma entrevista ao vivo no Facebook de A Gazeta. Clique aqui para assistir.

Título do plano de governo: Vamos mudar, por amor a São Bento do Sul.
Número de páginas: 11
Número para voto: 90

Confira as propostas da sigla:

  1. Administração
  2. Assistência Social
  3. Agricultura e Meio Ambiente
  4. Educação, Esporte, Cultura e Lazer
  5. Infraestrutura
  6. Saúde
  7. Desenvolvimento Econômico e Turismo

1. Administração

Permitir que a Administração pública esteja/permaneça aberta à participação popular através da criação de conselhos comunitários e de Bairros. Assim, a população saberá onde serão aplicados os recursos orçamentários do município;

Valorizar e capacitar os nossos Servidores Municipais através de programas de qualificação profissional;

Garantir os pagamentos dos salários aos Servidores Municipais com pontualidade, bem como dos fornecedores;

Assegurar a eficiência e agilidade no atendimento aos munícipes, mantendo a atualização dos equipamentos e o controle do Patrimônio Público;

Contratar estagiários através de Programas de estágios para dar continuidade de trabalho e conhecimento ao jovem em sua área de estudo, ajudando na renda do estudante;

Ampliar as políticas de apoio à juventude, firmando parcerias com instituições de ensino e órgãos governamentais desenvolvendo ações que venham ao encontro dos jovens são-bentenses;

Dar preferência ao comércio local para compra de produtos e equipamentos;

Garantir o cumprimento do plano de cargos, carreiras e salários dos servidores públicos;

Fortalecer os órgãos de controle interno da administração municipal;

Criar o Conselho de ética no serviço público municipal;

Colocar efetivamente em prática a Lei nº 435/2016 – que dá publicidade e transparências aos atos públicos;

2. Assistência Social

Apoiar as iniciativas dos Conselhos Municipais e das associações comunitárias, uma vez que, estes são meios de inclusão social e de promoção da cidadania;

Buscar recursos junto ao Governo Federal e Estadual para atender a demanda de reformas e construção de unidades habitacionais, seguindo as exigências dos convênios firmados para as habitações de interesse social;

Ampliar o atendimento dos CRAS enquanto equipamentos públicos de acesso às Políticas Públicas principalmente no atendimento às necessidades básicas da população;

Definir especial atenção para que as ações da Assistência Social tenham como foco principal a família;

Ampliar o programa Jovem Aprendiz.

3. Agricultura e Meio Ambiente

Criar o Conselho Municipal de Agricultura;

Aperfeiçoar o “Programa Porteira Aberta” - disponibilizar máquinas e equipamentos para os pequenos agricultores, especialmente aqueles que não têm condições de pagar a hora-máquina;

Viabilizar nas comunidades rurais, observando as respectivas potencialidades, programas como: inseminação artificial, frango caipira, apicultura, piscicultura e outros;

Oferecer ao pequeno produtor rural a vacina contra raiva bovina, febre aftosa e brucelose;

Incentivar técnicas de irrigação e uso de energias renováveis para os pequenos agricultores e os agricultores familiares;

Reativar e reformular as associações rurais, para ofertar cursos de capacitação com apoio técnico nas diversas áreas: artesanato, agricultura familiar, agronegócio, piscicultura, serviços e outros;

Incentivar associação de catadores com local próprio e equipamentos específicos, para atender pessoas que trabalham com resíduos sólidos;

Viabilizar cursos de capacitação para as pessoas envolvidas na coleta de resíduos sólidos;

Implementar a coleta seletiva e periódica do lixo em todo o município;

Promover ações de conscientização da população sobre a importância da coleta seletiva do lixo;

Implantar novas técnicas para o destino da compostagem dos resíduos orgânicos;

Criar Projeto de Arborização e reposição das matas ciliares as margens dos rios São Bento, Rio Vermelho, Humbold;

Aperfeiçoar o Programa de Pagamento por Serviços Ambiental – PSA;

Construir um local para acolhimento e proteção aos animais de rua.

4. Educação, Esporte, Cultura e Lazer

Criar Parque Municipal para caminhadas e práticas de esporte e lazer;

Incentivar a prática de esportes por meio do aperfeiçoamento e manutenção de academias públicas ao ar livre;

Construir e adequar às praças esportivas, através de reformas estruturais, com a implantação de banheiros, vestiários, bebedouros;

Criar a casa da cultura e incentivar a cultura regional através de eventos como aulas de música, pintura, artesanato, gastronomia, entre outros;

Implantar no calendário cultural do município a “Semana da Cultura Sãobentense”, propiciando aos nossos munícipes o contato e apreciação das manifestações populares que fazem parte de nossas raízes, como: música, coral, folclore, artesanato, desfiles, entre outros;

Criar e mapear cadastro de agentes e espaços de cultura e/ou arte para elaboração de políticas públicas do setor;

Proporcionar concurso de poesia e dissertação para incentivar a leitura e descobrir novos talentos quanto à arte da escrita;

Criar o cantinho da criança, que será um local onde as crianças poderão brincar e se divertir, com teatro infantil, telões com músicas, desenhos lúdicos e educativos;

Apoiar a prática de esportes radicais como Motocross, Bike, Skate, Esporte de Aventura, construindo ou adequando áreas próprias;

Criar o Centro de Pesquisa Estudantil, com acesso gratuito à internet para fins de pesquisas, utilizando o espaço da biblioteca pública;

Apoiar os jogos escolares municipais e intermunicipais;

Ampliar o uso do Centro Cultural Genésio Tureck por meio do estabelecimento de um calendário anual de atividades culturais e sua utilização para atividades voltadas à formação cultural;

Fortalecimento e valorização dos equipamentos culturais do munícipio, tais como o Museu Dr. Felippe Maria Wolff (criação de um programa de visitas escolares guiadas);

Valorização e fortalecimento do Arquivo Histórico Municipal (política de digitalização do seu acervo, ampliação de sua documentação e divulgação da história municipal);

Valorização e ampliação do acervo da Biblioteca Pública Municipal (criação de uma política integrada com a Educação de formação de novos leitores);

Melhorar os Laboratórios científicos das escolas municipais, integrandoos (geografia, biologia, química, física);

Promover aulas de cidadania e civilidade nas escolas municipais, através do programa Política na Escola;

Manter em boas condições a frota do transporte escolar;

Apoiar todas as práticas culturais como: bandas de música municipal, sociedades literárias, grupos de capoeira, festa natalina, festa do aniversário da cidade, festas de tradições e festas religiosas;

Garantir investimentos em: materiais pedagógicos, alimentação escolar com qualidade, tecnologia da informação e a manutenção e ampliação dos espaços escolares;

Proporcionar o apoio psicossocial disponibilizando profissionais específicos para as escolas e creches municipais;

Criar o Intercentro comunitário (programa de inclusão digital) nas comunidades, propiciando aos estudantes locais a oportunidade de fazer pesquisas e trabalhos e também ser um centro de formação básica e técnica em computação;

Dar apoio às escolinhas de futebol do nosso município além de incentivar a criação de outras com modalidades diversas.

5. Infraestrutura

Buscar junto ao Governo do Estado apoio financeiro para o término da construção do anel viário Norte – Sul;

Buscar junto ao Governo do Estado pela construção de um elevado ou rotatória na confluência da Avenida dos Imigrantes com a rodovia SC-280;

 Executar melhorias na sinalização de trânsito com placas e controle de velocidade;

Cumprir a Lei nº 3.197/2013 que criou o Sistema de “Resgate Histórico – colocação de placas com o primeiro nome histórico em logradouros públicos municipais”;

 Instalar rede de monitoramento através de câmeras nas principais avenidas da cidade;

Promover a iluminação pública nas rodovias que ainda não tem acesso a esse benefício;

Desenvolver programa Cidade Limpa, mantendo as vias públicas limpas, a partir de campanhas educativas;

Ampliar a locação das lixeiras através de eco pontos nos principais locais públicos;

Estruturar a Avenida Antônio Kaesemodel com mais sinalização, objetivando a segurança no trânsito e o controle da velocidade dos veículos, de acordo com a legislação dos órgãos Estaduais e Federais;

Expandir a pavimentação da zona urbana;

6. Saúde

Criar Projeto de educação permanente em Saúde, visando à melhoria da oferta de serviço e do atendimento digno à população em geral, buscando transformar e qualificar a atenção à saúde, os processos de trabalho, as práticas de saúde, além de incentivar a organização das ações e dos serviços do referido setor e atendimento;

Viabilizar o consórcio intermunicipal para aquisição do serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU);

Ofertar oficinas que abordem os seguintes assuntos: violência sexual e doméstica contra a mulher; acolhimento; postura e prática para um SUS mais humanizado; ambiência: humanização dos territórios de encontro do SUS; atenção e manejo à saúde do idoso que sofre violência, saúde do trabalhador: evitando e prevenindo riscos à saúde;

Apoiar o Conselho Municipal de Saúde: capacitar os conselheiros, incentivar a participação em eventos de saúde pública, apoiar as iniciativas dos conselheiros;

Manter as unidades de saúde de forma a melhorar a qualidade dos serviços com ampliação de ações e garantindo material de consumo humano;

Rever junto ao Estado a lista de medicamentos de alto custo e medicamentos excepcionais;

Manter e ampliar o centro de fisioterapia, estruturando-o com equipamentos modernos e piscina para atividades como fisioterapia aquática. Além de carro e motorista exclusivo, para efetuar o transporte dos usuários que não podem se locomover ao local das seções, bem como, disponibilizar a assistência às residências;

Buscar parceria com o Governo do Estado para implantação de uma unidade de Proteção Materno Infantil visando garantir o acesso principalmente das gestantes e crianças com atenção diferenciada, com atendimento de Ginecologista, obstetra e pediatra;

Assegurar o suporte técnico e modernizar o serviço dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de endemias, além de cumprir o piso salarial das categorias;

Manter e dar suporte técnico para equipe de Vigilância Sanitária.

7. Desenvolvimento Econômico e Turismo

Aperfeiçoar as incubadoras empresariais, para a promoção de emprego em larga escala e abertura de negócios próprios;

Qualificar a mão de obra, apoiando cursos técnicos em parceria com o SENAI, SEBRAE, SENAR e outros;

Apoiar o empreendedorismo individual através de incentivos financeiros, para as pessoas que se encontram em situação de baixa renda e que sofre com os impactos da pandemia do Covid-19;

Levantar as potencialidades turísticas do nosso município;

Incentivar a criação de Cooperativas de Produção e apoiar os projetos para o Microcrédito.


Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.