Política

11/09/2019 07:58

NO FÓRUM

Servidora detida por falso testemunho durante julgamento de Márcio Dreveck

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Durante o julgamento do vice-prefeito Márcio Dreveck (PP), nesta terça-feira (10) pela manhã, uma servidora da Secretaria de Obras foi conduzida para a delegacia acusada por supostamente mentir em seu depoimento. Conforme a Polícia Civil, ela não chegou a ficar presa, no entanto, foi instaurado um novo inquérito policial para apurar os fatos envolvendo a servidora. Ao longo do dia, outros servidores da Prefeitura tiveram que comparecer na delegacia.

A condução da servidora por suposto falso testemunho pode acabar gerando mais problemas para os envolvidos no caso da concussão. Isso porque, agora o delegado responsável pelo caso vai instaurar um novo inquérito policial e, por consequência, mais pessoas serão chamadas a prestar depoimento na delegacia. E agora resta saber o que mais pode ser desenterrado e quais os desdobramentos.

O vice-prefeito Márcio Dreveck e o secretário de Obras afastado e vereador licenciado, Paulo Ziewfka (PSD), respondem pela suposta prática de concussão, por exigirem pagamentos de parte dos salários dos comissionados. No caso do ex-secretário de Obras, ele responde em liberdade, pois a prisão de Dreveck não é pelo crime de concussão, mas por supostamente ter coagido testemunhas, ao pedir que negassem fazer quaisquer pagamentos.

LEIA TAMBÉM
- O PRIMEIRO DIA DE JULGAMENTO DE MÁRCIO DREVECK

A informação foi publicada na coluna Panorama Político desta quarta-feira (11).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Política

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022