Política

16/09/2019 09:11

CASO MÁRCIO DREVECK

Sem indícios de que prefeito tenha participado de esquema de concussão

Arquivo / Jornal A Gazeta

Magno Bollmann não está envolvido em investigação

Elvis Lozeiko - elvis@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

A Gazeta divulgou neste fim de semana, com exclusividade, uma série de detalhes que constam nas quase mil páginas do processo que apura a suposta prática de concussão e de corrupção passiva por parte do vice-prefeito afastado de São Bento do Sul, Márcio Dreveck (PP). Foi uma testemunha inicialmente sigilosa que denunciou o caso das "contribuições partidárias", cujos desdobramentos levaram Márcio a ficar no Presídio Regional de Mafra por mais de dois meses.

Após a prisão de Márcio, no dia seguinte, o ex-vereador Lourival Castilho decidiu dispensar o sigilo em torno de seu nome. Ele foi chefe de divisão na Secretaria de Obras e inclusive apresentou vídeos com outros servidores "falando do esquema criminoso", segundo o depoimento.

Castilho contou, na delegacia, que na época das eleições presidenciais do ano passado, foi até o gabinete do prefeito Magno Bollmann e o alertou quanto às condutas de Márcio Dreveck. Conforme o depoimento, o prefeito perguntou se havia provas e disse que iria procurar Castilho, mas não o procurou. Castilho também contou que apresentou a mesma denúncia ao presidente do PP, o vereador Marco Redlich – que, segundo o denunciante, não acreditou em tais alegações.

Como Castilho declarou que alertou o prefeito Magno Bollmann sobre as condutas de Márcio Dreveck, os autos do processo foram encaminhados ao Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, pois o prefeito tem foro privilegiado. O Ministério Público chegou a solicitar para investigar Bollmann. Porém, segundo o MP, a princípio não há indício de participação de Magno no esquema.

Veja todos os depoimentos na matéria publicada no jornal impresso desse fim de semana (14).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.