Geral

01/08/2019 09:54

RANKING ESTADUAL

São Bento entre os 13 maiores geradores de emprego formal em Santa Catarina

Elvis Lozeiko / Jornal A Gazeta

Município se destaca com quantidade de empregos com carteira assinada

Elvis Lozeiko - elvis@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

São Bento do Sul está entre os 13 municípios catarinenses que, neste ano, mais geraram empregos formais – aqueles com carteira assinada. No primeiro semestre, conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), são 1.032 vagas, diferença entre as 6.774 contratações e os 5.742 desligamentos registrados no período. "Estamos nos aproximando do recorde de empregos de 2012, quando foram geradas 1.395 vagas", lembra o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Adelino Denk.

O saldo dos primeiros seis meses de 2019 já é superior ao do ano passado inteiro. Em 2018, foram 827 postos de trabalhos gerados pela economia são-bentense. O destaque em 2019 é o setor industrial, responsável por 809 vagas criadas. Destaque, também, para a construção civil, com 148 vagas. Dentre os municípios com mais de 30 mil habitantes, São Bento do Sul está à frente de importantes forças econômicas de Santa Catarina, como Navegantes, Imbituba, Balneário Camboriú e Florianópolis.

Nos últimos 12 meses, ou seja, de junho de 2018 a junho de 2019, a situação são-bentense é melhor ainda quando o assunto é o emprego formal. São 1.206 postos formais gerados. O município aparece na 11ª posição, desbancando, por exemplo, Blumenau, Jaraguá do Sul e Lages.

Rio Negrinho contabiliza 356 empregos neste ano, com 3.084 admissões e 2.728 demissões. Nos últimos 12 meses, são 174 vagas criadas, resultado das 5.416 contratações e dos 5.242 desligamentos entre junho de 2018 e junho de 2019. O Caged tem disponibilizado os número do emprego apenas dos municípios com mais de 30 mil habitantes. Assim, Campo Alegre e Piên não aparecem no levantamento.

Ranking estadual

Confira mais informações sobre o ranking no jornal impresso desta quarta-feira (31).

Comentários

Tomando como referencial – apenas para ilustração de metodologia /fonte de pesquisa, o SC CAGED maio 2019 indica que a variação entre admitidos e demitidos é a seguinte SBS 0.23 Lages 037 Tijucas 0.63 A analise considerando os valores relativos indica novas perspectivas de análises e conclusões.
Paulo A Accorsi de Godoy 05/08/2019 17:24
 
Deixe seu comentário

+ sobre Geral

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022