Geral

14/02/2020 08:02

SAÚDE EM ALERTA

São-bentense já está caminhando e se recupera da febre amarela

DIVULGAÇÃO

Acompanhado de profissionais, Jaime anda pelo hospital de Florianópolis

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Mesmo sem previsão de alta, a família de Jaime Cieslinski está otimista e acredita que logo ele voltará para casa. O são-bentense se recupera de uma febre amarela, no Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis, para onde foi transferido no final de janeiro.

A mãe do paciente, Anésia Cieslinski, conta que ele já está andando, retirou o cateter e também não precisa mais fazer hemodiálise. “Está quase 100%”, garante. A são-bentense chegou a visitá-lo em Florianópolis, quando ele ainda estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Não vejo a hora dele voltar para casa. Para uma mãe, é uma felicidade muito grande ver que o filho está bem”, diz.

Relembre o caso
Jaime tem 48 anos e não possui registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). Ele deu entrada no Hospital e Maternidade Sagrada Família no dia 17 de janeiro, pela emergência, com febre e intensas dores de cabeça e imediatamente ingressou na UTI. Este é o primeiro caso de febre amarela registrado em humano neste ano, em Santa Catarina.

O paciente ficou sedado durante alguns dias. Além disso, precisou da ajuda de aparelhos para respirar. O seu fígado e os pulmões ficaram comprometidos, mas, com o tratamento e o acompanhamento médico, inclusive de dois profissionais de São Paulo, os órgãos começaram a se restabelecer.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.