Geral

14/01/2020 11:06

HOBBY

São-bentense cria vitrine para expor coleção com 78 mil tipos de canetas

Layra Olsen / Jornal A Gazeta

Coleção fica aberta ao público no bairro Oxford

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Quando a coleção de Zilcio Antunes Fernandes ganhou destaque no jornal A Gazeta, em julho de 2013, ele acumulava mais de 20 mil canetas. Hoje são exatos 78.619 exemplares, desde modelos simples, geralmente utilizados como brindes pelas empresas, até aqueles com design mais sofisticado e elegante.

O hobby teve início há 12 anos. Na época, o são-bentense decidiu dar sequência à galeria do filho, que já armazenava cerca de 200 canetas. Motivado também por outro colecionador do município, Sandro Huttl, Zilcio sentiu-se desafiado a ultrapassar a marca conquistada pelo colega: 5,5 mil produtos. “Todo lugar que eu passava, pedia uma caneta. Tive poucas recursas. Se a pessoa falava que só tinha aquela, eu oferecia uma com a logo da minha empresa em troca. Não tinha erro”, conta.

A coleção inicialmente ficou acomodada na sua empresa, a Linea Esquadrias. O espaço, no entanto, não conseguiu comportar tantos produtos e Zilcio não teve alternativa: criar um ambiente exclusivo. Foi assim que surgiu a “Vitrine das Canetas”, em junho de 2019.

O espaço elaborado pelo são-bentense fica em frente ao seu negócio, na Rua Siegfried Roepke, no bairro Oxford, e foi milimetricamente pensado para encaixar-se em uma van. A ideia é levar o trabalho para outras cidades, apresentá-lo em feiras e eventos, prosperar e, quem sabe, conseguir patrocínios e gerar lucro.

A “vitrine” é composta por “aquários” de vidros e potes plásticos e segue aberta para visitação em horário comercial. O local ainda recebe doações, basta introduzir as canetas por um pequeno cano acomodado na parte inferior da porta. Quem tiver interesse em contribuir com a coleção também pode procurar a Vitrine ou entrar em contato diretamente com o empresário. O telefone é 99694-7173.

Zilcio iniciou passatempo há 12 anos

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.