Geral

02/08/2019 08:58

SEGURANÇA COMUNITÁRIA

Rede de Vizinhos reduz de três furtos por semana para três no ano todo

Layra Olsen / Jornal A Gazeta

Símbolo do programa e atuação da comunidade ajudam na redução dos crimes

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Anos atrás, todos os dias a Polícia Militar recebia ligações informando sobre furtos em residências de São Bento do Sul. A média diária era superior a uma ocorrência. Os crimes no Loteamento Itália, por exemplo, diminuíram significativamente com a implantação da Rede de Vizinhos, em 2017. O número de ocorrências chega a no máximo três no ano todo.

Em São Bento do Sul já são 13 células do programa, isto é, grupos formados por moradores que deixaram de ser meros expectadores para assumir papéis de protagonistas na construção da segurança pública. São atendidas, diariamente, 873 pessoas.

O tenente da Polícia Militar (PM), Lucas Ferreira Bélico, conta que o sucesso da iniciativa, no entanto, não está apenas atrelado ao aplicativo para celular, mas no engajamento e no envolvimentos dos moradores para solucionar os problemas com focos específicos, restritos a sua vizinhança, criando, consequentemente, uma “vigilância natural”. “É uma ferramenta para avisar se o vizinho deixou a janela aberta, se tem alguém estranho passeando pela rua ou até crimes em andamento”, ressalta.

A Polícia recebe muitas solicitações para a implantação de novas células e atualmente o projeto está espalhada por diversos bairros, como Mato Preto, Serra Alta, Colonial, Urca. Dona Francisca, Cruzeiro, Brasília, Boehrmerwald e Loteamento Itália. Caso deseje mais informações sobre o projeto, pode entrar em contato com a Polícia Militar, através do telefone 3633-4630.

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Geral

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022