Esportes

23/06/2021 21:23

COMBATE AO CORONAVÍRUS

Proprietários pedem o retorno do futebol society em São Bento

MATHEUS MÜLLER/ JORNAL A GAZETA

Futebol está proibido há um mês

Matheus Müller - matheus@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Representantes das quadras e complexos de futebol society de São Bento do Sul se movimentam para pedir a liberação da modalidade no município. O pedido é para que eles possam exercer novamente suas atividades, proibidas em 23 de maio.

Para trazer o assunto a debate, eles produziram uma carta onde citam a importância do exercício físico, questionam o fechamento do esporte como única medida de enfrentamento à Covid-19, enquanto todo o resto segue aberto, e ainda trazem sugestões de regras e protocolos para o retorno imediato do esporte.
Este material será entregue no gabinete do prefeito Antonio Tomazini (PSDB), na Prefeitura, e também para a presidente da Câmara de Vereadores, Carla Hofmann (PSD), além da imprensa. Os proprietários dos campos de society questionam o fato do futebol ser um dos únicos setores penalizados no momento.
O tema inclusive será assunto na Câmara de Vereadores, pois está na pauta e deve ser discutido nas próximas sessões um projeto de lei do vereador Paulo Zwiefka (DEM) que torna as modalidades esportivas como atividade essencial, o que liberaria os espaços para voltar a receber atletas.

Para os proprietários dos campos, esta proibição na prática só prejudica os locais onde acontecem os jogos, pois as equipes não deixam de se encontrar para jogar. “Eles vão jogar em Rio Negrinho, Campo Alegre, Corupá, Piên, outros lugares, não deixam de se reunir”, cita Carlos Rujanovski, administrador do Campo do Tuta. Desta forma, eles acreditam que a liberação ajudaria neste controle, já que todos os atletas são cadastrados nos campos onde jogam, onde há medição de temperatura e outros cuidados. “Seria muito mais fácil controlar os atletas na cidade, seguindo os nossos protocolos, mais rígidos do que muitos comércios”, cita José Peschiski.

Integrantes
Assinam o documento pedindo a volta do futebol recreativo Paulo Cesar Arnold, do Society João; Anderson Koch, da Arena Bola de Ouro; Denilson Gretter, do Campo do Nitchio; Carlos Rafael Rujanowski, do Campo do Tuta; Keisy Paitra, da Linha de Passe; Oziel Veiga, da Arsiper; e José Peschiski, da Arena Peschiski.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.