Geral

15/01/2020 11:08

ESTRELINHAS

Projeto fotográfico promove inclusão de crianças com deficiência pela região

Tine Pfeiffer / Divulgação

Pequena Maria Clara foi uma das contempladas

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

A fotógrafa Tine Pfeiffer já conseguiu idealizar 24 ensaios desde que passou a integrar o Projeto Estrelinha, criado pela curitibana Viviane Bachega em 2014. A intenção é promover a inclusão de crianças e adolescentes com qualquer tipo de deficiência por meio da fotografia. “É muito gratificante poder fazer um pouco do que amo e atender famílias tão especiais. Enche meu coração de alegria e é um verdadeiro aprendizado”, afirma.

A primeira estrelinha da são-bentense foi clicada em outubro de 2015. Ela conta que antes de colocar a criança em frente a câmera, procura entender um pouco sobre a sua rotina e suas limitações. Além disso, preza pelo contato com os pais. “Explico como funciona o projeto e definimos o local conforme a deficiência e a possibilidade de locomoção”, esclarece. Geralmente, os ensaios são realizados em áreas externas, em contato com a natureza.

Tine garante que está realizada com a iniciativa. “As mães que topam participar sempre têm histórias enriquecedoras para compartilhar. E esse tempo que dedico é tão pouco para mim, mas para elas é muito importante”, diz. Além de proporcionar momentos de descontração, a fotógrafa enriquece o baú de lembranças das famílias. “Fico imaginando essas fotos daqui alguns anos e o valor que elas terão. É emocionante fazer parte disso”, comenta.

Agenda aberta
A profissional conta que a procura pelo projeto tem sido boa, mas no inverno geralmente há uma queda. No momento, ela não possui fila de espera, portanto, quem entrar em contato, antes participa. Vale lembrar que o projeto também abrange outros municípios, como Rio e Negrinho e Campo Alegre. O contato com Tine pode ser feito pelo telefone 99192-9611 (WhatsApp) ou por meio de sua página no Facebook (Tine Pfeiffer Photos).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.