Geral

13/01/2020 08:20

ENSINO SUPERIOR

Projeto foi alterado e construção do novo prédio da Udesc deve ser retomada

Matheus Müller / Jornal A Gazeta

Obra segue parada desde o ano passado

Matheus Müller - matheus@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

As obras no novo prédio da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc/Ceplan) de São Bento, no bairro Centenário, estão próximas de serem retomadas. Os trabalhos no local estão parados desde meados de 2018, devido a problemas com o projeto e também com a empresa que iniciou a construção, mas agora tudo encaminha-se para uma solução.

O professor Alexandre Borges Fagundes, diretor geral da Udesc/Ceplan, explica que já foram concluídas as alterações no projeto. Neste momento, ele está em fase de aprovações legais, para que na sequência iniciem as tratativas visando a licitação para contratação de empresa responsável pela continuação da obra, o que deve ocorrer neste semestre.

Os dois prédios totalizarão uma área construída de aproximadamente 4,8 mil metros quadrados, incluindo espaços para circulação, escadas, plataforma elevatória, anfiteatro, biblioteca, cantina, secretaria acadêmica e setor administrativo. Estarão disponíveis ainda 18 salas de aula, salas de videoconferência, cópias e impressões, coordenação de estágios e de informática; três laboratórios de informática e um de redes; três salas para reuniões, além de 36 salas menores para abrigar professores, departamentos e direções do Centro.

Aulas no Cedup
Enquanto o prédio não fica pronto, parte da Udesc segue funcionando nas dependências do Cedup, no bairro Brasília. Apesar disso, neste ano a universidade vai estudar a possibilidade de unir todos os seus alunos no prédio já existente no bairro Centenário. Para isso ser possível, algumas turmas teriam remanejamentos de horários e turnos de aulas.

Confira mais detalhes sobre o caso no jornal impresso desta segunda-feira (13).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.