Geral

Siga-nos nas redes sociais

24/03/2020 10:31

CORONAVÍRUS

Procedimentos eletivos suspensos para evitar aglomeração no Sagrada Família

ELVIS LOZEIKO / JORNAL A GAZETA

Tratamentos de urgência e emergência serão priorizados

Elvis Lozeiko - elvis@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Desde segunda-feira (23), estão suspensos, por tempo indeterminado, procedimentos eletivos, como as consultas ambulatoriais, os exames e as cirurgias (não urgentes) no Hospital e Maternidade Sagrada Família. O objetivo é reduzir a circulação de pessoas no estabelecimento e priorizar a estrutura hospitalar para os atendimentos e tratamentos emergenciais.

Por outro lado, estão mantidos os procedimentos de urgência e emergência, incluindo os retornos pós-operatórios; os procedimentos cirúrgicos oncológicos (relacionados a tumores e cânceres), desde que definidos por critérios médicos; e as consultas ambulatoriais oncológicas, até mesmo a primeira consulta; e, ainda, os exames complementares e tratamentos indicados ao paciente.

As medidas, conforme o superintendente do hospital, Renato Figueiredo, seguem as recomendações emitidas pelo Centro de Operações e Emergência em Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde, as quais foram validadas pela Secretaria Municipal de Saúde de São Bento do Sul, gestora do contrato de prestação de serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Urgência e emergência

O hospital informa que deve-se buscar atendimento "com bom senso e em situação de real necessidade", evitando dessa maneira a exposição a ambiente de maior risco de contaminação por doenças e priorizando os casos emergenciais. As pessoas que tenham sintomas efetivos e relacionados ao coronavírus devem procurar primeiro o posto de atendimento municipal mais próximo de sua residência ou seu médico de acompanhamento habitual. Havendo necessidade, o médico encaminhará ao hospital para os procedimentos e tratamentos necessários.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura repassa R$ 100 mil para compra de EPIs.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.