Geral

03/10/2019 10:02

TRÂNSITO

“Princesa, mas assassina”: igreja pede melhorias na Serra Dona Francisca

Leonardo Celeski / Jornal A Gazeta

Barreira de terra foi levantada para evitar que carros "rampem" na primeira curva

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida lançou a campanha “Princesa, mas assassina”, em relação ao descaso do governo estadual com a Serra Princesa Dona Francisca e a imprudência dos motoristas. O tema será abordado durante as celebrações litúrgicas e também nas novenas dedicadas à padroeira, que iniciam nesta quinta-feira (3) e se estendem até 12 de outubro. Outra proposta envolve a realização de uma missa no mirante da serra, ainda sem data definida.

O padre Fábio Bosco conta que a intenção é proporcionar momentos de reflexão e de oração e, ao mesmo tempo, clamar pela revitalização da rodovia. “Dizer que a serra é perigosa já não basta mais, pois há muitas placas de sinalização ao longo do caminho que alertam para o perigo de trafegar de qualquer jeito. Por isso criamos essa chamada mais forte e impactante”, revela.

A mobilização é voltada a todos que transitam pela região: caminhões, carros, ônibus e motos. “Operação tapa-buraco e levantar algumas placas que caíram por tantos acidentes é um investimento pífio e vergonhoso se comparado à necessidade e importância da rodovia para a região norte e nordeste do nosso Estado”, avalia.


Mais informações sobre a iniciativa estão no jornal impresso desta quinta-feira (3).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.