Geral

09/09/2021 08:12

PELO BRASIL

Presidente Bolsonaro grava áudio e pede que rodovias sejam liberadas

Alan Santos/PR/Flickr/Divulgação

Presidente gravou áudio para caminhoneiros

Nacional

Diante da escala dos bloqueios feitos por caminhoneiros em rodovias pelo país, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) gravou um áudio direcionado aos manifestantes afirmando que os bloqueios atrapalham a economia, pois provocam desabastecimentos, inflação e prejudicam a todos, “em especial os mais pobres.”

No áudio, o presidente afirma que os caminhoneiros são aliados, e pede, então, para que liberem as estradas e deixem “seguir com a normalidade”. “A gente em Brasília aqui agora, não é fácil negociar e conversar com outras autoridades, mas a gente vai fazer a nossa parte e vamos buscar uma solução para isso, tá ok?”, diz Bolsonaro no áudio.

As rodovias estão com bloqueios para caminhões desde terça-feira (7), com ameaça de impedir a passagem de todos os veículos nesta sexta-feira (10). A falta de circulação de caminhões nas rodovias federais causou o desabastecimento de gasolina em São Bento do Sul e região, o que gerou longas filas. Veja o que pedem os manifestantes.

O que diz o áudio:

"Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação e prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres. Então, dá um toque no caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade. Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? E aproveita, em meu nome, dá um abraço em todos os caminhoneiros. Valeu", disse o presidente na gravação.

Vídeo confirmar áudio

Confira mais notícias no jornal impresso. Assine A Gazeta agora mesmo pelo WhatsApp (47) 99727-0414. Custa menos que um cafezinho por dia! ☕

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.