Segurança

08/02/2018 08:16

NO VIADUTO

Polícia Civil aponta culpado por batida que tirou vida de uma criança em 2016

Divulgação

Após ser batido na traseira, Palio rodou e foi atingido por uma camionete

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Passados exatos 630 dias, a Polícia Civil concluiu nesta quarta-feira (7) as investigações de um acidente ocorrido no dia 15 de maio de 2016, no viaduto do bairro Oxford, em São Bento do Sul. Na batida, Lauri Chaves sofreu ferimentos graves, e mais de um ano e meio depois ainda não fala e não conhece ninguém. Sua filha, Amanda Caroline Alves Chaves, de 2 anos e 8 meses, estava no veículo e faleceu.

O inquérito mostra que após identificar e perseguir o veículo de Lauri Chaves com um Escort vermelho, realizando manobras perigosas e ameaçadoras, o ex-marido da então companheira da vítima, Paulo Fernandes, de 36 anos, causou o acidente de forma proposital. Ele fugiu do local e foi identificado após as investigações. Paulo está respondendo em liberdade.

Confira mais detalhes sobre as investigações no jornal impresso desta quinta-feira (8).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Segurança

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022