Geral

28/11/2021 09:25

IGREJA CATÓLICA

Padre Tito se despede de São Bento do Sul: "Vou levar gratidão, aprendi muito"

MATHEUS MÜLLER / JORNAL A GAZETA

Próximas semanas serão de celebração na paróquia

Matheus Müller - matheus@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

O padre Mario Tito Angioletti vem vivendo suas últimas semanas como pároco responsável pela Paróquia Puríssimo Coração de Maria. A partir do ano que vem, ele passará a atuar no Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Joinville, encerrando um ciclo de seis anos em São Bento do Sul. Ele relata que a transferência não foi uma solicitação sua, mas surgiu a partir da necessidade criada pela movimentação de alguns padres dentro da congregação.

Até o Natal, serão semanas de muito trabalho e celebrações no município. Depois, padre Tito pegará uns dias de férias e retornará em meados de janeiro, para a transição com o novo pároco. Ele será substituído pelo padre Luciano Toller, que é de Pirabeiraba, em Joinville, mas atualmente vinha atuando em Curitiba, na pastoral universitária da PUC. Ainda em janeiro, ele se muda para Joinville, quando passará pela sua transição de cargo, assumindo oficialmente no dia 13 de fevereiro.

Despedida
O pároco destaca que não faltarão sentimentos bons ao se despedir da cidade. “Vou levar gratidão, aprendi muito em São Bento do Sul, o povo é muito acolhedor, solidário. Levarei todo o carinho, uma recordação muito bonita. Nas celebrações, vejo um povo de muita fé, e a prova disso foi o início da pandemia, onde a comunidade sentiu muito não poder ir até a igreja”, ressalta.

Ele lembra que não se trata de um adeus, até pelo fato de seguir na mesma congregação, em uma cidade muito próximo. "É só descer a Serra, com certeza vamos nos encontrar muitas vezes ainda”, diz.

  • YouTube: Inscreva-se para assistir as matérias de A Gazeta.

Confira mais notícias no jornal impresso. Assine A Gazeta agora mesmo pelo WhatsApp (47) 99727-0414. Custa menos que um cafezinho por dia! ☕

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.