Política

12/05/2022 15:41

HABITAÇÃO

Nenhuma denúncia sobre selecionados para Santa Fé foi formalizada

ELVIS LOZEIKO / JORNAL A GAZETA

Das 244 casas, 165 já foram sorteadas para famílias selecionadas

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Bastou sair a listagem com os nomes das famílias beneficiadas com residências no loteamento Santa Fé, que as denúncias quanto a alguns selecionados começam a pipocar. Um dos casos diz respeito a uma professora da rede estadual, com salário acima de R$ 5 mil (já que este é o piso do governo) teria sido beneficiada.

Porém, conforme a pessoa que narrou tal situação, a residência não seria para a professora morar, pois ela reside com a mãe. Seria para o pai, que reside em outra cidade então vir para o imóvel e ela seguiria morando com a mãe, no bairro Mato Preto. Outros casos também foram narrados em comentários nas redes sociais por pessoas que conhecem alguns dos beneficiários.

• Acesse aqui a lista de sorteados.

A Empresa Municipal de Habitação (Emhab) explica que, desde a divulgação da primeira listagem com os nomes das famílias pré-selecionadas, em agosto de 2021, nenhuma denúncia foi formalizada. "Sendo, desde o início, divulgada a necessidade de denúncias formalizadas para possíveis apurações. Lembrando que estas deverão ser protocoladas e com informações contendo, por exemplo, o nome da pessoa denunciada", diz em nota.

A Emhab garante que está à disposição para esclarecimentos à população. "Toda denúncia, sendo formalizada, será enviada imediatamente à Caixa Econômica Federal para apuração. Se for procedente, o grupo familiar será excluído do Programa e responderá civil e criminalmente conforme a lei", completa.

Como foi a seleção

O Loteamento Santa Fé conta com 244 residências que deverão ser ocupadas por famílias que atendam aos critérios estipulados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e pela Caixa Econômica Federal.

A Emhab lembra que a seleção foi feita pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, utilizando os dados ativos do Cadastro Único (CadÚnico) em São Bento, dados da Receita Federal, CADMUT e cruzamento de informações atualizadas sobre renda, estado civil, composição familiar, endereço, bens, entre outros.

Após, as famílias precisaram apresentar documentação comprobatória dos mesmos dados, onde foi montado um dossiê e encaminhado para conferência e análise pela Caixa. Somente ao final, os grupos familiares aprovados foram indicados para o sorteio.

  • YouTube: Inscreva-se para assistir as matérias de A Gazeta.

Confira mais notícias no jornal impresso. Assine A Gazeta agora mesmo pelo WhatsApp (47) 99727-0414. Custa menos que um cafezinho por dia! ☕

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.