Geral

17/12/2018 10:46

NOVO SISTEMA

Melhorias no transporte coletivo de São Bento são apresentadas em audiência

Elvis Lozeiko / Jornal A Gazeta

Padronização da cor amarela passará a ser verde com detalhes em vermelho

Elvis Lozeiko - elvis@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Em uma audiência pública esvaziada, com pouquíssima participação popular, foi apresentado semana passada o plano de outorga para a contratação do transporte público coletivo de São Bento do Sul. O material, um calhamaço com 211 páginas, vai embasar o termo de referência para a licitação do serviço, marcada, a princípio, para o ano que vem.

O novo sistema de transporte público coletivo urbano de passageiros de São Bento do Sul, segundo o documento, será denominado Sistema Integrado de Mobilidade (SIM), com sua logomarca e sua identidade visual já definidas. A padronização, atualmente na cor amarela, será verde, com detalhes em vermelho, em alusão à bandeira de São Bento do Sul.

Conforme o documento, nos quatro terminais urbanos (Centro, Serra Alta, Centenário e Oxford) deverão ser instalados monitores LCD com pelo menos 40 polegadas. Ainda no campo da tecnologia, o plano de outorga expõe que será implantado o sistema de monitoramento de imagens, com câmeras que permitirão "a identificação de incidentes". 

Já a frota de ônibus será monitorada por meio de GPS, permitindo o acompanhamento dos ônibus, com a localização instantânea em caso de necessidade. Também será possível a coleta de dados operacionais para fins de fiscalização, planejamento e gerenciamento. Obrigatoriamente, o ônibus terá Wi-Fi gratuito e livre para acesso de todos os usuários, além de um painel de led no para-brisa, com a identificação da linha.

Tarifa
O plano de outorga chegou ao preço preliminar de R$ 4,92 para a tarifa, considerando todas as modificações propostas para o novo sistema, todos os custos e despesas envolvidos, os encargos gerais, os investimentos necessários, a depreciação, a remuneração, etc.

Próximos passos
O plano de outorga ainda sofrerá algumas pequenas intervenções, para, em seguida, ser encaminhado ao Tribunal de Contas do Estado, para análise. O órgão tem 60 dias para mandar uma resposta. Concluída essa etapa, a Prefeitura poderá lançar a licitação do serviço de transporte.

Confira mais informações no jornal impresso deste sábado e domingo (15 e 16).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Geral

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022