Política

13/01/2022 15:19

IMPOSTO

Inicia a entrega dos carnês do IPTU 2022 para moradores de Rio Negrinho

EDSON FRANKOWIAK / JORNAL A GAZETA

Boleto para pagamento do tributo está no site da Prefeitura

Edson Frankowiak - editoria@gazetasbs.com.br

Rio Negrinho

Já está disponível no site da Prefeitura de Rio Negrinho o link para que os contribuintes possam ter acesso aos carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2022. A forma de pagamento, a exemplo dos anos anteriores, poderá ser parcelada ou à vista, com desconto de 10%. O vencimento tanto para a quitação total ou para o pagamento da primeira parcela é 20 de abril.

Quem optar pelo pagamento parcelado, poderá fazê-lo em até oito vezes, desde que a parcela não seja inferior a 3 UFRMs, ou seja, abaixo de R$ 37. A Prefeitura também já deu início à distribuição dos carnês através dos Correios e a previsão é de que eles devam ser entregues em 14.074 residências até o final de fevereiro.

Pedidos de isenção
Podem protocolar junto à Prefeitura o pedido de isenção do tributo os aposentados, pensionistas, idosos acima de 65 anos, menores órfãos, pessoas definitivamente incapacitadas para o trabalho que comprovarem serem proprietários de um imóvel residencial em Rio Negrinho, quando tal imóvel é o único de que é proprietário ou possuidor; que reside neste imóvel; que os rendimentos mensais de todos os ocupantes do imóvel não ultrapassem 1 e 1/2 salários-mínimos.

O pedido precisa ser feito anualmente e deverá ser protocolado até antes do vencimento da primeira parcela. No ato do protocolo é necessário que o contribuinte apresente cópias da matrícula atualizada do imóvel no nome do requerente; comprovante de renda do último mês; renda de todos os moradores do imóvel; CPF, RG e ainda comprovante de residência.

  • YouTube: Inscreva-se para assistir as matérias de A Gazeta.

Confira mais notícias no jornal impresso. Assine A Gazeta agora mesmo pelo WhatsApp (47) 99727-0414. Custa menos que um cafezinho por dia! ☕

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.