Segurança

24/06/2020 10:03

CRIME

Homicídio em Serra Alta segue sendo investigado e família busca respostas

DIVULGAÇÃO

Fernando tinha 30 anos

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

A família de Fernando Silva Machado, 30 anos, segue sem respostas passados mais de dois meses do seu assassinato. No dia 7 de abril, às 20h35, ele foi morto na Rua João Mühlbauer, próximo ao Motel Kolyna. Ele levou um tiro no peito e duas facadas, uma no pescoço e outra na cabeça.

A esposa de Fernando, Shirlei Passos, cita que até agora não recebeu nenhum retorno sobre a investigação que busca apurar a morte de seu marido. Ela relata que, inclusive, está oferecendo uma recompensa para quem tiver qualquer informação que possa levar aos envolvidos. Seu telefone para contato é o 98475-2104.

A Policia Civil segue investigando o caso, em inquérito policial instaurado já no dia seguinte em que o crime ocorre, inclusive com pessoas ouvidas. Não foram repassadas mais informações para não atrapalhar as buscas pelos envolvidos.

O crime
Segundo populares, Fernando estava com algumas pessoas nas proximidades, na Rua João Mühlbauer, quando houve um desentendimento que fez com que ele fosse alvejado com um tiro. Mesmo com a bala atingindo seu peito, ele ainda saiu correndo, já sem chinelos, sendo seguido pelos envolvidos. Alguns metros à frente, eles desferiram as duas facadas fatais. Fernando caiu próximo de sua residência. Segundo o relato policial, após praticarem o homicídio, os autores foram vistos correndo sentido bairro Serra Alta, pela Rua Carlos Rüeckl.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.