Geral

Siga-nos nas redes sociais

26/03/2020 18:29

CORONAVÍRUS

Governo anuncia quando cada setor vai voltar ao trabalho em Santa Catarina

Reprodução

Estado alcançou a marca de 149 casos confirmados e uma morte

Leonardo Celeski - leonardo@gazetasbs.com.br

Estadual

Durante a entrevista coletiva no fim da tarde desta quinta-feira (26), o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, anunciou um plano estratégico para a retomada das atividades econômicas em Santa Catarina. “Mas, se puder, fique em casa”, frisa o governador, após a primeira morte confirmada em solo catarinense.

Na segunda-feira (30), retornam agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito, exclusivamente para atendimento de pessoas que necessitem de serviços bancários presenciais.

Já a partir de quarta-feira (dia 1º), ficam autorizadas totalmente os serviços autônomos, domésticos e os prestados por profissionais liberais.

Liberação parcial
A partir do mesmo dia, 1º, também retornam as atividades e os serviços privados não essenciais, a exemplo de academias, shopping centers, bares, restaurantes e comércio em geral; atividades do setor hoteleiro; atividades de Construção Civil; os escritórios de prestação de serviços em geral; os centros de distribuição e depósitos.

Mas, é preciso seguir algumas diretrizes. Para estabelecimentos com permissão de atendimento ao público e entrada de pessoas: limitação de entrada de pessoas em 50% da capacidade de público do estabelecimento, podendo este estabelecer regras mais restritivas; controle de acesso e marcação de lugares reservados aos clientes, bem como o controle da área externa do estabelecimento, respeitadas as boas práticas e a distância mínima de 1,5m entre cada pessoa.

Deve priorizar o afastamento, sem prejuízo de salários, de empregados pertencentes ao grupo de risco, tais como pessoas com idade acima de 60 anos, hipertensos, diabéticos e gestantes. Deve-se priorizar o trabalho remoto para os setores administrativos.

Adoção de medidas internas, especialmente aquelas relacionadas à saúde no trabalho, necessárias para evitar a transmissão do coronavírus no ambiente de trabalho e no atendimento ao público; Utilização de veículos de fretamento para transporte de trabalhadores, ficando a ocupação de cada veículo limitada a 50% da capacidade de passageiros sentados.

Sem transporte coletivo e sem praia
Permanecem suspensas as seguintes atividades, pelo prazo de 7 dias, a contar do dia 1º de abril: a circulação de veículos de transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal de passageiros; a circulação e o ingresso no território catarinense de veículos de transporte interestadual e internacional de passageiros, público ou privado, bem como veículos de fretamento para o transporte de pessoas.

Seguem a proibição de frequentar praças, parques, praias, realização de missas, cultos, reuniões e outros eventos de aglomeração de pessoas.

Casos confirmados
O número de casos confirmados do novo coronavírus chegou a 149, conforme balanço oficial. Três municípios passam a integrar a lista: Itapema, Siderópolis e Timbé do Sul. Já Laguna deixou a relação, pois o único caso confirmado no local residia em outro município. “Reafirmamos e reforçamos o pedido de atenção e proteção máximas aos nossos idosos e a população mais vulnerável”, afirma Carlos Moisés.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.