Geral

25/09/2020 18:07

CINEMA

Filme com atores são-bentenses está disponível na Amazon Prime Video

DIVULGAÇÃO

Robson e Virgínia comemoram a inserção do longa na plataforma

Alexandre Carvalho - alexandre@gazetasbs.com.br

Região

Desde quinta-feira (24), você pode assistir a atuação de dois atores são-bentenses diretamente de sua casa, através da Amazon Prime Video. Robson Rodrigues e Virgínia Neumann participaram das gravações do filme Uma Carta Para Ferdinand, dirigido por Fábio Cabral e estrelada por Cristiana Oliveira, Clemente Viscaíno e Luiz Alves, o Ferrugem. O longa-metragem foi rodado inteiramente em Joinville. 

A comédia romântica é destinada para toda família e foi lançada em junho deste ano, nas plataformas digitais NOW, Oi e Vivo TV, e agora entra em outra plataforma bastante conhecida. Além de ter um preço acessível (R$ 9,90 por mês), a Amazon Prime Vídeo garante aos usuários um teste de 30 dias grátis, o que facilita o acesso ao catálogo de filmes e séries.

O ator Robson Rodrigues considerou a presença do longa-metragem na Amazon como um motivo de grande felicidade e satisfação profissional. “Uma Carta para Ferdinand é um dos marcos da minha vida profissional, é de uma produção riquíssima. Lá se vão anos de teatro eu não deixo de me surpreender com os caminhos maravilhosos que a interpretação me proporciona. Convido todos para assistirem nossa arte e divulgarem nosso trabalho”, afirmou ele, que interpreta o personagem “Pode Crer”.

Para a atriz Virginia, a felicidade é ainda maior. Isso porque ela nunca havia participado de um longa-metragem com tanto aparato tecnológico. “Esses tempos o filme foi disponibilizado por três plataformas, menos conhecidas. Agora essa inserção na Amazon é incrível, pois é uma plataforma muito mais conhecida. Tenho recebido muitos feedbacks, ou seja, há muita gente assistindo agora, por essa plataforma. Que Netflix nos aguarde!”, almeja a são-bentense.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.