Segurança

21/10/2021 10:34

PRIMEIRA INSTÂNCIA

Família esperava pena mais dura após morte de pai e meia-irmã em São Bento

DIVULGAÇÃO

Tribunal do Júri se reuniu de forma híbrida, com réu participando videoconferência direto da prisão

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

O advogado são-bentense Osmar Unisesky Júnior foi condenado a 20 anos e 8 meses de reclusão, em regime inicial fechado, pela morte do pai Osmar Unisesky e da meia-irmã Franciele Aparecida Jelinsky Unisesky, em setembro de 2018. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (20), em sessão do Tribunal do Júri. Na família, há a sensação de que a pena foi branda. Marcos Unisesky conversou rapidamente com A Gazeta para falar dos crimes cometidos pelo próprio irmão.

Ele afirmou que é muito grande o sentimento de impotência diante da decisão proferida pela Justiça, conforme suas palavras. “O sofrimento é imenso”, disse, comentando que a família esperava uma pena mais dura para Júnior. Segundo Marcos, como pode haver progressão de regime, “daqui a pouco ele pode estar andando por aí, como se tivesse pago pelo que fez”. Marcos agora vai aguardar a posição da defesa da família e do Ministério Público para um eventual recurso na Justiça, objetivando aumentar a pena estabelecida ao réu.

Progressão de regime
De acordo a legislação brasileira, a pessoa condenada por algum crime com pena privativa de liberdade tem direito à progressão de regime. Como Júnior já está preso há três anos, neste caso ele poderia permanecer no regime fechado por cerca de mais quatro anos, quando poderia progredir para o regime semiaberto.

Confira no vídeo o momento em que o juiz substituto Fernando Curi lê a sentença.

Confira mais notícias no jornal impresso. Assine A Gazeta agora mesmo pelo WhatsApp (47) 99727-0414. Custa menos que um cafezinho por dia! ☕

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.