Geral

31/01/2017 11:50

MORTE DE LOIR DREVECK

Ex-prefeito Gilberto Dranka foi preso aos gritos de assassino; veja o vídeo

Divulgação

Momento em que o ex-prefeito era colocado na viatura do Cope

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

Piên

O ex-prefeito de Piên Gilberto Dranka (PSD) entrou na viatura do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), na manhã desta terça-feira (31), sob protestos da população. “Assassino. Assassino desgraçado, olha o que você fez. Você vai apodrecer na cadeia”, gritava uma das pessoas. Veja o vídeo no fim da matéria.

Dranka é suspeito de estar envolvido no atentado sofrido pelo então prefeito eleito da cidade, Loir Dreveck, no dia 14 de dezembro de 2016. Loir levou dois tiros na cabeça e morreu no hospital, três dias depois. Gilberto Dranka tentou se esconder da polícia no forro de sua residência (veja o vídeo), no Centro de Piên. A Polícia Civil ainda não divulgou a motivação do crime.

Assassino
Conforme agentes do Cope, o homem que teria atirado em Loir Dreveck foi preso em Balneário Camboriú, em operação conjunta desencadeada com a polícia de Santa Catarina. Ele ainda é suspeito de matar por engano outra pessoa.

Confira todos os detalhes do caso no jornal impresso desta quarta-feira (01).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.