Geral

10/09/2018 08:21

MEIO AMBIENTE

Espécie de planta invasora da África do Sul é descoberta em São Bento

Elvis Lozeiko

Oxalis pes-caprae é da mesma família da azedinha e da carambola

Elvis Lozeiko - elvis@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Também conhecida como erva-canária, erva-azeda-amarela ou trevo-azedo, uma planta invasora da família Oxalidaceae foi descoberta em São Bento do Sul, mais especificamente em um terreno baldio no bairro 25 de Julho. Conforme o pesquisador botânico voluntário Paulo Schwirkowski, que a encontrou, a Oxalis pes-caprae – nome da espécie – é da mesma família da azedinha e da carambola.

Natural da África do Sul, segundo ele, a planta exótica pode se tornar em problema, pois ocupa áreas que seriam originalmente ocupadas por espécies nativas. "Elas prejudicam a biodiversidade, a agricultura e até a fauna, pois geralmente têm como características a alta capacidade de propagação e a disputa com as nativas por espaço, por insolação e por nutrientes do solo", explica Schwirkowski.

"Muitos estudos acadêmicos têm sido feitos a fim de compreender o quanto estas espécies invasoras podem ser prejudiciais ao meio ambiente", comenta Paulo. Como é o primeiro registro da espécie como planta naturalizada para o Brasil, a partir deste momento o local será monitorado para verificar se há dispersão da espécie e qual sua área de ocorrência.

Confira mais detalhes sobre a descoberta no jornal impresso deste sábado e domingo (8 e 9).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Geral

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022