Segurança

22/09/2018 09:31

CRIME NA VILA SÃO PAULO

Duplo homicídio em São Bento foi premeditado pelo autor, diz polícia

Divulgação

Armas com registro foram encontradas na casa do acusado

Christian Hacke - christian@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Segundo as investigações da Polícia Civil, o duplo homicídio que ocorreu nesta semana em São Bento do Sul foi premeditado pelo autor, Osmar Unisesky Junior. "Ele já estava andando com um revólver na cintura durante a tarde, além de ter o bolso cheio de munições", revelou o delegado Gustavo Muniz Siqueira.

Dentro da casa do suspeito foram encontradas algumas armas e munições, todas elas com registro. Foram apreendidos uma espingarda Boito calibre 12 e seis munições; uma pistola CZ 75 P-07 calibre 38 com 12 munições e um revólver Taurus calibre 38 com nove munições, além de 13 estojos deflagrados de calibre 38. A arma do crime, no entanto, ainda não foi entregue na delegacia.

Junior poderá responder pelos crimes de duplo homicídio qualificado com a agravante de motivo fútil, que estipula pena de reclusão de seis a 20 anos; porte e disparo de arma de fogo, que prevê reclusão de dois até quatro anos e multa pelo porte, além de dois a quatro anos mais multa pelos disparos. Ele teve a prisão preventiva decretada nesta quinta-feira (20) e a defesa do acusado já trabalha com o habeas corpus.

Relembre o caso
O duplo homicídio foi no bairro Brasília, por volta das 20h15 de terça-feira (18). Junior matou o pai, Osmar Unisesky, de 61 anos, e sua meia irmã, filha de Osmar, Franciele Aparecida Jelinski Unisesky, de 19 anos. O crime foi gravado por câmeras de segurança e a polícia apura a motivação.

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Segurança

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022