Segurança

15/07/2019 10:12

APREENSÃO

Dupla flagrada com 10 kg de maconha após perseguição em São Bento

Divulgação

Drogas foram compradas horas antes, em Joinville

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Duas pessoas foram flagradas transportando 10,250 quilos de maconha, no começo da tarde de sábado (13), próximo ao acesso para a Móveis Weihermann, no bairro Lençol, em São Bento do Sul. Ambos são moradores de Rio Negrinho e um deles é adolescente. A ação foi desencadeada após eles serem abordados em Joinville, gerando suspeita de que comprariam droga na maior cidade do Estado.

Desta forma, policiais militares de Joinville informaram o 23º Batalhão de São Bento do Sul, que montou pontos de observação em vários pontos da rodovia. A primeira guarnição a visualizar o veículo suspeito foi a que estava nas proximidades da Promosul. Foi dada voz de abordagem através de sinais sonoros e luminosos, não sendo acatada e iniciando a perseguição, com os suspeitos forçando ultrapassagens em diversos pontos da SC-418.

Outra guarnição montou uma barreira próxima ao acesso ao Parque Sueli, próximo a Móveis Weihermann, no bairro Lençol, onde duas carretas foram atravessadas na rodovia. Ambos foram abordados. Em busca veicular foi encontrada a droga, além de R$ 813 em dinheiro no bolso do motorista e R$ 200 no console da porta do lado do passageiro.

Segundo a Polícia Militar, o condutor assumiu ter comprado a droga em Joinville e recebeu voz de prisão. Na delegacia, o adolescente foi liberado e será encaminhado para a Vara da Infância, enquanto o motorista foi autuado em flagrante pelo delegado Odair Rogério Sobreira Xavier, por tráfico, associação ao tráfico e direção perigosa. Conforme o delegado, a droga vinha de Joinville e seria levada para Rio Negrinho.

Confira mais detalhes sobre a perseguição no jornal impresso desta segunda-feira (15).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.