Geral

10/08/2018 08:49

FALSIDADE IDEOÓLICA

Dois médicos e um dentista são presos por não cumprir jornada de trabalho

Elvis Lozeiko / Jornal A Gazeta

Envolvidos ficaram detidos na Delegacia aguardando decisão judicial

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

A Polícia Civil deflagrou uma operação para apurar se profissionais da área médica da rede pública municipal de São Bento do Sul estariam cumprindo horário estipulado em contrato nos seus locais de trabalho, nesta quinta-feira (9). A ação resultou na prisão em flagrante de dois médicos e um dentista, todos acusados de falsidade ideológica.

Um dos médicos, Giancarlo Zanon, estava em casa no momento da prisão e outra médica, Adriana Lisboa, e o dentista e vereador Jaime Lima estavam atuando no Hospital e Maternidade Sagrada Família. Eles ficaram detidos até por volta das 2h10 desta sexta-feira (10), quando saiu decisão judicial concedendo liberdade provisória aos envolvidos, com as condições de não se ausentar da Comarca de São Bento do Sul sem autorização e obrigação de comparecer ao Fórum sempre que intimados.

Conforme o delegado regional Odair Rogério Sobreira Xavier, os profissionais haviam registrado entrada nos postos de saúde aonde deveriam cumprir horário e dois deles - a médica e o dentista - então seguiram para o hospital, para jornada dupla. Já o outro médico seguiu para sua casa, aonde foi preso. A ação faz parte de um processo iniciado pela própria polícia, após divulgação de que médicos não estariam cumprindo jornada estipulada pelos contratos de trabalho em concurso público.

Mais detalhes no jornal desta sexta-feira (10) e na edição de sábado e domingo (11 e 12).

Comentários

O trecho abaixo reproduzido parcialmente pode ser de valia para a prefeitura de São Bento do Sul fazer a pergunta sugerida no texto para avaliar/corrigir a situação comentada na reportagem. A pergunta é “: para onde você (Você aqui seria a prefeitura representada aqui pelos seus gestores) quer ir? O texto fornece algumas possíveis respostas: Quer uma marca empregadora forte? Quer valorizar o colaborador investindo em seu crescimento interno? Indagações adicionais conduzirão à um diagnóstico mais preciso e a tomada de providencias para valorização do quadro de pessoal, atendimento às reivindicações da população (exemplificativamente: transporte público, incomodidades como poluição sonora /perturbação do sossego público e problemas pontuais indicados nos meios de comunicação), Os trechos reproduzidos do artigo sugerem – com acerto – que o desempenho de funcionários relaciona-se com políticas e práticas eficazes de gestão de recursos humanos . Trechos : COMO PAGAR SALÁRIOS ABAIXO DO MERCADO E AINDA CONTRATAR OS MELHORES? Publicado por Carreira Muller em 13/07/2018 “Essa frase pode ser bem impactante num primeiro momento, mas os profissionais que vivem a remuneração no dia a dia podem compreender que essa ideia não só é possível, como também seria um quadro ideal em muitas empresas. Dizemos isso, porque as estratégias salariais podem (e devem) ser modificadas de acordo com o sentido que a companhia quer adotar. É aquela pergunta que sempre fazemos: para onde você quer ir? Responder essa pergunta ajuda e definir quais serão os parâmetros que determinam a tática de negócio. Quer uma marca empregadora forte? Quer valorizar o colaborador investindo em seu crescimento interno? Deseja ser ousado no mercado? Pensar assim só faz sentido porque as práticas de remuneração não seguem, necessariamente, uma única regra. Em outras palavras, nem todas as empresas seguem também o mesmo padrão de posicionamento salarial. Como pagar abaixo do mercado? Afinando sua estratégia e acompanhando o seu desenvolvimento! Pagar salários maiores ou menores que o mercado, (como é o caso do nosso exemplo,) nem sempre é contraproducente. Pelo contrário, é uma tática de posicionamento salarial, motivação de equipes e enquadramento de mercado
Paulo A Accorsi de Godoy 13/08/2018 11:00
 
No caso do dentista e vereador seria jornada tripla... Que vergonha e desrespeito com a sociedade.
Rubens 13/08/2018 08:11
 
Deixe seu comentário

+ sobre Geral

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022