Segurança

14/01/2022 08:33

INVESTIGAÇÃO

Delegado e marido da vítima relatam detalhes de assalto em Campo Alegre

DIVULGAÇÃO

Bandidos ofereceram "resgate" para devolver camionete roubada

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

Campo Alegre

O delegado Lucas Davanso Mendonça, da Delegacia da Comarca de São Bento do Sul disse na tarde de quinta-feira (13) que diligências investigativas estão em andamento visando apurar o roubo ocorrido na tarde de quarta-feira na localidade de Salto do Engenho, no interior de Campo Alegre.

No local, foram rendidas duas pessoas e roubada uma camionete Amarok, além de pertences das vítimas, como celular e notebook. “A autoria até o momento é desconhecida e as investigações iniciais indicam que os autores fugiram sentido Paraná”, relatou o delegado para A Gazeta. Ele disse ainda que o roubo a residência foi cometido por pelo menos três indivíduos armados.

Como foi o crime
Segundo Eliseu Odia, marido da gerente regional de Educação, Leda Munhoz Odia, a esposa e a filha do casal foram rendidas por volta das 13 horas. “Um bandido invadiu a casa pedindo gasolina, minha esposa foi rendida, amordaçaram ela e minha filha, após prenderam elas na lavanderia, queriam armas e dinheiro. Estavam em uma van prata ou branca, levaram muita coisa, limparam a casa”, disse.

Eliseu confirmou que os bandidos permaneceram na residência por aproximadamente uma hora, onde a esposa e a filha só conseguiram se soltar por volta das 15h20. No fim da noite, os bandidos entraram em contato por WhatsApp e ofereceram trocar dinheiro pelos itens roubados. O celular e o notebook roubados são oficiais do governo do estado, pois Leda trabalha para a Secretaria Estadual de Educação.

  • YouTube: Inscreva-se para assistir as matérias de A Gazeta.

Confira mais notícias no jornal impresso. Assine A Gazeta agora mesmo pelo WhatsApp (47) 99727-0414. Custa menos que um cafezinho por dia! ☕

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.