Geral

06/07/2020 14:02

PÓS-CICLONE

Danos em eletrônicos após ciclone podem ser ressarcidos pela Celesc

CHRISTIAN HACKE / JORNAL A GAZETA / ARQUIVO

Eduardo é coordenador do Procon de Rio Negrinho

Christian Hacke - christian@gazetasbs.com.br

Região

Os estragos causados pelo ciclone bomba, que atingiu a região na última terça-feira (30), ainda são sentidos em diversas residências. Árvores caíram e deixaram muitos moradores sem energia elétrica, aparelhos foram danificados e estruturas foram comprometidas. O Procon de Rio Negrinho publicou vídeo na tarde de sexta-feira (3) em suas redes sociais, orientando os consumidores a procurarem ressarcimento em caso de equipamentos danificados pelas quedas de energia.

Eduardo Manoel Ramos, coordenador do Procon na cidade, explica que é possível buscar reaver esses valores junto à Celesc. "Muitos consumidores têm procurado o Procon de Rio Negrinho para se informar a respeito dos danos elétricos causados pelos ventos do ciclone. Vários consumidores relataram que tiveram equipamentos elétricos danificados, queimados, em virtude das quedas de energia. Foi entrado em contato com a Celesc na região e repassado ao Procon que as solicitações de ressarcimento desses valores devem ser feitas pelo e-mail atende.unsbs@celesc.com.br", comentou.

Através desse e-mail, o consumidor titular do contrato deve informar seus dados, o número da unidade consumidora, a data e horário aproximados que ocorreu o dano no equipamento e também o modelo do aparelho. "Se tiver a nota fiscal pode encaminhar junto, mas não é um documento obrigatório para obter esse ressarcimento", citou Eduardo. É necessário o envio da foto do CPF e de um documento de identificação oficial com foto.

Informações
A regra vale para todas as cidades catarinenses. Em Rio Negrinho, o Procon fica localizado na área central, em uma sala anexo ao Pavilhão dos Imigrantes. O telefone é o 3644-4014. Já em São Bento do Sul, o órgão fica ao lado da Milium, também no Centro. O telefone é o 3634-1001. Em Campo Alegre, o Procon funciona na Cada da Cidadania, na Rua Jorge Lacerda. O telefone é o 3632-1568.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.