Segurança

17/06/2020 10:29

MORTO A PAULADAS

Corpo foi levado para Monte Castelo e envolvidos no homicídio seguem detidos

DIVULGAÇÃO

Envolvidos foram presos durante a tarde de segunda-feira (15)

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Após um longo trabalho da equipe do Instituto Médico Legal (IML) de São Bento do Sul na busca por familiares de Alessandro Quadros Leite, 42 anos, foi possível a liberação do corpo no início da madrugada de terça-feira (16). Alessandro foi vítima de homicídio ocorrido na noite de domingo (14), em uma fábrica abandonada na Estrada Dona Francisca, mas seu corpo foi encontrado apenas no início da tarde de segunda.

A vítima era morador da cidade de Monte Castelo, para onde foi levado seu corpo por familiares, para ser enterrado. Os dois envolvidos no crime foram localizados ainda na tarde de segunda-feira, sendo autuados em flagrante pelo delegado Gil Rafael Ribas, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil. Terça pela manhã, foi decretada pela Justiça a prisão preventiva de ambos, que seguem presos, respondendo ao processo.

Relembre o caso
Policiais militares foram avisados do caso por volta do meio-dia de segunda-feira (15), encontrando no segundo andar da construção o corpo de Alessandro, com sinais de agressão na face e cabeça. No local, também foram encontrados dois pedaços de madeira com marcas de sangue. Os suspeitos foram detidos no mesmo dia.

Confira mais detalhes da ocorrência no jornal impresso desta quarta-feira (17).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.