Geral

09/09/2019 10:15

TURISMO

Consultores japoneses estiveram por São Bento durante a Schlachtfest 2019

Divulgação

Grupo conheceu a festa e estrutura montada pela Polícia Civil

Christian Hacke - christian@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Depois de intensos quatro dias de festas, a 37ª edição da Schlachtfest terminou com chave de ouro na noite de domingo (8), em São Bento do Sul. Foram inúmeras apresentações musicais, jogos germânicos, desfile típico e outros atrativos que o público teve acesso. E como não é diferente nos outros anos, desta vez o turismo foi novamente incentivado no município.

O músico Lauro Siebert é de Jaraguá do Sul e participa da Schlachtfest há mais de 10 anos. "O músico gosta quando o povo acredita na música. Ontem (sábado, dia 7) à noite foi uma loucura isso aqui. A organização é muito boa, a festa é sempre especial e funciona muito bem", contou ele, que se apresentou no sábado e domingo com a banda Die Tal Buben, que em português significa "Garotos do Vale".

Os turistas vinham de muitos locais: cidades vizinhas, Blumenau, Florianópolis, Curitiba e etc. Porém, outros vieram ainda de mais longe. Um grupo de consultores do Japão estava pela cidade e passou para conhecer um pouco da festa. "Tem dois que são consultores nosso no Japão e tem três que são nossos clientes lá no Japão. A gente não ficou na festa em si, só passamos para ver o movimento e saímos antes do desfile. Mas posso falar que eles curtiram bastante a cidade. Deram um pulo lá na igreja, andamos pela praça ali da frente", conta Ricardo Wolf.

Segundo ele, as empresas de Santa Catarina ajudaram bastante a promover o turismo na cidade. "Queríamos mostrar algo diferente para nossos clientes e encontramos a receptiva cidade de São Bento do Sul com suas características alemãs para proporcionar uma experiência única", ressaltou.

Veja mais informações sobre a festa no jornal impresso desta segunda-feira (9).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.