Geral

10/07/2019 08:41

CASO DE FAMÍLIA

Com pistas sobre mãe biológica, homem quer fazer DNA para encerrar busca

Divulgação

Homem foi deixado para adoção há mais de 30 anos em São Bento

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Adriano Mathias dos Reis está prestes a encontrar a sua mãe biológica. Logo depois que foi publicada uma matéria sobre sua busca, em A Gazeta, ele recebeu uma ligação de suas prováveis irmãs. Elas garantiram o parentesco e ainda intermediaram chamadas de telefone e de vídeo entre ele e sua genitora.

Quase todos os relatos feitos pela mulher, chamada Rosa Gonçalves, coincidem com a sua adoção, realizada na década de 1980, e com as histórias relatadas pela mãe adotiva. “A princípio, a chance dela ser minha mãe é de 90%, mas ainda quero fazer um exame de DNA para comprovar”, afirma. As dúvidas pairam em relação às datas. “Ela garante que eu não tenho 33 anos, e sim 37, ou seja, que eu fui registrado errado”, conta.

Assim que nasceu, no Hospital e Maternidade Sagrada Família, Adriano acabou sendo entregue para uma mulher conhecida por comercializar crianças. A última vez que ficou próximo da mãe biológica foi durante o registro de seu nascimento. “No cartório, eles só aceitavam se a mãe biológica assinasse. Ela ficou num espaço separado por um vidro e não teve contato com a família adotiva”, revela.

Além desta lembrança contada pelos familiares, ele tem fotos de quando era bebê que sustentam o ano de seu nascimento, isto é, 1986. “Também é difícil alguém adotar uma criança já com quatro anos. Geralmente são recém-nascidos”, comenta. Levantado isso, os possíveis irmãos alegam que a mãe, Rosa, sofreu muito e está um pouco confusa. “Só se realmente aconteceu isso porque o resto bate”, diz.

Confira mais informações sobre o caso no jornal impresso desta quarta-feira (10).

Comentários

Oi boa tarde !Sou a silmara filha da dona rosa e moro aqui em curitiba ,resolvi olhar no jornal ai de santa catarina sobre meu suposto irmão Adriano ,estou um pouco confusa pq isso não acontece assim todos os dias mas enfim ,espero que seja resolvido ate porque minha mãe deve estar muito ansiosa com a novidade e ele também por estar procurando a muito tempo vamos ficar todos esperando para que tudo acontece bem ,não vou estar ai no dia em que ele for pra casa da minha mãe mas espero que de tudo certo .
silmara 23/07/2019 08:33
 
Deixe seu comentário

+ sobre Geral

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022