Segurança

13/09/2018 12:04

OPERAÇÃO ICEBERG

Civil indicia 38 servidores, vereadores e ex-vereadores por suspeita de fraudes

Alexandre Carvalho / A Gazeta

Delegados Odair Sobreira e Gustavo Muniz Siqueira explicaram o caso na manhã desta quinta-feira

Alexandre Carvalho - alexandre@gazetasbs.com.br
Região

A Polícia Civil indiciou dezenas de pessoas entre servidores, ex-vereadores e vereadores em São Bento do Sul e Rio Negrinho. O caso foi revelado na manhã desta quinta-feira (13). A Operação Iceberg foi deflagrada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de São Bento do Sul em 2015, para apurar o uso de diárias dos parlamentares e assessores em cursos fraudulentos oferecidos por empresas de Curitiba.

Os delegados Odair Sobreira e Gustavo Muniz Siqueira, da Delegacia de Polícia Civil de São Bento, explicaram em coletiva de imprensa que o inquérito, com mais de 6 mil páginas, já foi encaminhado para o Ministério Público. Nele, foi solicitado o ressarcimento do erário público.

A investigação apontou a utilização de R$ 46 mil em diárias no Poder Legislativo de São Bento do Sul, na realização de cursos com as mesmas empresas. Em Rio Negrinho, o valor foi ainda maior, R$ 479 mil, na qual um único vereador fez 53 cursos utilizando mais de R$ 75 mil em diárias. Os valores atualizados são de R$ 120 mil em São Bento do Sul e de R$ 1 milhão em Rio Negrinho, tendo em vista que os crimes estão ocorrendo desde 2004.

Os indiciados vão responder o processo em liberdade, mas conforme as autoridades da Polícia Civil de São Bento, não está descartada a possibilidade de prisões. Todos os envolvidos serão processados por peculato e falsidade ideológica.

Atualização: Inicialmente a Polícia Civil informou que havia indiciado 38 pessoas. Na verdade, algumas foram ouvidas e liberadas. Então, ao fim, foram 29 indiciados. A relação completa dos nomes (isso não significa culpa, e sim que a denúncia foi oferecida ao Ministério Público) você encontra clicando aqui.

Na edição desta sexta-feira (14) uma reportagem especial vai trazer todos os detalhes do caso.

 

Comentários

Sabia que um dia a coisa faria fumaça preta entre vereadores e ex-vereadores por suspeita de fraudes, agora ficou feio para a comunidade acreditar ou não na política brasileira que não anda serio dentro da ética moral. E vem mais coisa por aí, vamos aguarda.
Fernando Lapis 13/09/2018 18:40
 
Bando de Vagabundos, Cadeia para esses merdas
Julio Cesar 13/09/2018 18:39
 
Deixe seu comentário

+ sobre Segurança

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022