Esportes

09/05/2014 14:41

FUTSAL

Charuto é destaque no site do Corinthians

Divulgação

Charuto atua no futsal do Corinthians desde o início do ano

Leonardo Celeski - leonardo@gazetasbs.com.br

Nacional

Revelado na Associação de Pais e Esportistas de Campo Alegree depois integrante da equipe Tuper/Condor/Planor/FMD, em São Bento do Sul, o jogador Charles Henrique da Silva, conhecido como “Charuto”, agora se destaca no futsal paulista. Nesta semana, o pivô foi destaque no site oficial do Corinthians, equipe que defende atualmente.

A publicação tem como título “Charuto curte bom momento no Corinthians” e traz alguns números do atleta formado na região. A primeira frase da matéria já dá uma dimensão de como Charuto está bem no alvinegro: “Entre tantas estrelas do time profissional de futsal do Timão, um garoto vem se destacando no último mês”.

O texto ainda mostra o faro de gol do atleta. “Nas últimas seis partidas em que participou, o jovem de 21 anos fez nove gols e conquistou a confiança do treinador Lucas Chioro”, destacou.

A Agência Corinthians ainda lembrou da recente conquista da equipe, a Taça Brasil de Clubes, disputada no interior de Pernambuco, no final do último mês. “Além do título, o Timão voltou com o prêmio de melhor ataque e teve o artilheiro, o próprio Charuto, com oito tentos”, dizia parte da matéria.

Goleador

Na mesma publicação, o camisa 15 agradece a confiança de todos. “Fico muito feliz de poder ajudar o Corinthians fazendo gols ou com boas atuações. É um prêmio individual que todos querem ter, é um grande reconhecimento, mas eu prezo pelo coletivo. O importante é estarmos sempre conseguindo bons resultados dentro de quadra”, declarou.

Por fim, as bolas na rede voltaram a ser citadas pelos jornalistas corintianos. “A boa sequência não é novidade para o pivô. Na temporada de 2013, ele se destacou no Campeonato Metropolitano e na Copa Federação, quando também faturou a artilharia”, encerrou a publicação.

É mais uma “gente nossa” obtendo destaque pelo Brasil afora.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.