Segurança

21/05/2020 11:13

TOME CUIDADO

Celesc emite alerta para mais três golpes que usam o nome da empresa

ARQUIVO / JORNAL A GAZETA

Agência segue sem atendimento presencial

Elvis Lozeiko - elvis@gazetasbs.com.br

Região

A Celesc emitiu um alerta pedindo aos consumidores que fiquem atentos a três novos golpes, registrados em diferentes municípios catarinenses. Até o momento, no entanto, não há qualquer caso registrado na regional da Celesc em São Bento do Sul, a qual engloba Rio Negrinho e Campo Alegre, conforme o gerente da unidade, Carlos Alberto Becker Júnior.

Em Blumenau, por exemplo, criminosos se apresentaram como funcionários e entraram na casa de uma idosa para supostamente realizar uma verificação em seus aparelhos eletrônicos, que estariam provocando alta na fatura da consumidora. Além de cobrarem uma quantia em dinheiro pelo serviço, eles roubaram o restante do dinheiro que estava na carteira da vítima.

Em São José, a vítima recebeu um boleto por e-mail, nominal à Celesc, que deveria ser pago em cooperativa de crédito para, supostamente, custear o cancelamento de protesto de títulos por inadimplência, assim como retirar o CPF de órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Já em Campos Novos, clientes receberam telefonemas de golpistas que diziam ser funcionários da Celesc, alegando que o não pagamento de suposta fatura em atraso, em conta anunciada por eles, causaria suspensão imediata do fornecimento de energia elétrica. Mas, no caso das ocorrências em São José e em Campos Novos, os consumidores entraram em contato com a Celesc e não foram prejudicados.

Tenha atenção
Diante dos novos golpes, a Celesc reforça que eletricistas não entram nas unidades para realizar serviços, pois a leitura do consumo de energia é feita em um relógio padrão que fica fora das residências, estabelecimentos e indústrias.

"Além disso, as faturas são enviadas às unidades consumidoras com identificação visual padrão da empresa, não há contato com o cliente, nem emissão de boleto bancário ou solicitação de depósito em conta", aponta a companhia. "Vale lembrar, ainda, que em tempo de enfrentamento ao novo coronavírus, as lojas de atendimento presencial estão fechadas. Por isso, quase todos os serviços podem ser acessados nos canais virtuais da Celesc", aponta.

Contato
Os canais virtuais são o site www.celesc.com.br e o aplicativo da empresa, onde basta procurar por Celesc nas lojas do Android ou iOS. Outras opções são os telefones gratuitos 0800-48-0196 (emergências) e o 0800-48-0120 (serviços comerciais).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.