Geral

23/10/2020 15:43

TURISMO LOCAL

Caverna e queda d’água são atrações no Parque Natural Braço Esquerdo

ELVIS LOZEIKO / JORNAL A GAZETA / ARQUIVO

A entrada da caverna, que leva a uma cachoeira em seu interior

Elvis Lozeiko - elvis@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

São Bento do Sul também tem uma caverna, digamos, oficial. A denominada Caverna da Fuga fica no Parque Natural Braço Esquerdo, na localidade com o mesmo nome, praticamente na divisa com Corupá. A caverna foi formada pela ação da própria natureza, no caso, as águas do rio Cachoeira.

Com uma entrada principal, que fica entre as formações utilizadas para a prática de escalada e rapel no parque, a caverna tem aproximadamente 60 metros de extensão. Depois de entrar no local, logo o visitante vai perdendo a luz natural, ficando praticamente às escuras (sendo necessário levar lanterna). Após algum tempo caminhando pela água, aos poucos a iluminação retorna, graças a uma fenda localizada na parte superior, por onde cai uma cachoeira.

Para chegar ao parque, é possível seguir via localidade de Rio Natal, em São Bento do Sul, ou primeiramente ir até o Centro de Corupá e depois dirigir-se sentido Ano Bom e Braço Esquerdo. No parque, há diferentes atrativos, o principal deles uma cachoeira com cerca de 90 metros de altura, além da Trilha do Vale Perdido, que leva esse nome por lembrar paisagens da produção cinematográfica “O Elo Perdido”.

Mais informações, inclusive sobre as taxas cobradas e os horários de atendimento, podem ser obtidas no site www.parquebracoesquerdo.com.br ou via WhatsApp 99927-8075.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.