Segurança

22/02/2021 08:26

TRAGÉDIA

Caminhoneiro de São Bento morre a tiros em assalto no Rio de Janeiro

DIVULGAÇÃO

Silvino Stracke voltava de viagem do Espírito Santo

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

O motorista Silvino Stracke foi morto a tiros na manhã de sábado (20), no Rio de Janeiro. Ele era funcionário da Mobile Transportes, estabelecida na Estrada Paraná, em São Bento do Sul.

Segundo colegas de profissão, ele retornava do Espírito Santo com uma carreta Scania, quando foi surpreendido por assaltantes próximo a uma favela. Durante todo o final de semana, as informações eram desencontradas e próprios colegas da empresa não sabiam explicar exatamente como foi a ação dos marginais.

Amigos de Silvino, através de redes sociais, lamentaram profundamente o ocorrido, destacando que se tratava de um homem muito trabalhador, com muitos anos na profissão de motorista e conhecia vários estados do Brasil.

Velório
O corpo foi levado para necrópsia no Instituto Médico Legal (IML) da capital carioca. Domingo (21) pela manhã, um funcionário da empresa e um familiar seguiram para o Rio de Janeiro, para os trâmites de liberação do corpo.

Por enquanto, a Funerária Planalto, contratada para os serviços de velório e sepultamento, informou que não havia definição do dia que o corpo chegará em São Bento do Sul. Local de velório e sepultamento também não têm locais confirmados.

Confira mais notícias no jornal impresso desta segunda-feira (22). Assine A Gazeta agora mesmo pelo WhatsApp (47) 99727-0414, custa menos de um cafezinho por dia.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.