Geral

27/08/2019 07:51

TRÂNSITO

Câmera é confundida com radar de velocidade na rodovia BR-280

Christian Hacke / Jornal A Gazeta

Equipamento não monitora a velocidade dos veículos e não pode multar

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

Rio Negrinho

Alguns veículos de Rio Negrinho, São Bento do Sul e região ainda sentem certo receio quando passam pela rodovia BR-280, próximo da reta da Sólida, por conta de uma câmera lá instalada há alguns meses. Apesar de uma placa indicar a velocidade de 60 km/h, a PRF e o Dnit ressaltam que o equipamento não é um radar de velocidade, mas sim um controle de fluxo e tráfego de veículos, utilizado pela PRF.

Na última semana, vereadores de Rio Negrinho cobraram na Câmara a fixação de uma placa informando o real propósito do equipamento. Portanto, os motoristas não precisam reduzir ao passar pelo trecho. Apesar disso, é sempre bom respeitar o limite de velocidade no trânsito.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.