Política

11/02/2020 08:19

LEGISLATIVO

Câmara arquiva pedidos de cassação contra Fernando Mallon e Jaime Lima

ARQUIVO / JORNAL A GAZETA

Mallon e Jaime não correm mais risco de perderem o mandato

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Segunda-feira (10) à noite, na Câmara são-bentense, foram votados os pedidos de aber-tura de processo ético contra os vereadores Jaime Lima (PSDB) e Fernando Mallon (MDB), os quais poderiam resultar na cassação de mandato de ambos. Porém, os dois pedidos foram arquivados por imensa maioria.

O primeiro pedido analisado foi contra o vereador do PSDB. Somente Daguimar Nogueira (PSB) foi favorável ao pedido, alegando que seria uma oportunidade de Jaime Lima se explicar para a sociedade sobre o processo que responde por suposta jornada dupla de trabalho, fato pelo qual chegou a ser preso pela Polícia Civil. No entanto, os demais vereadores foram contrários à abertura da comissão de investigação.

Como Jaime não poderia votar no processo contra ele próprio, a suplente Bernadete Hermes assumiu temporariamente a vaga. Em sua justificativa, ela lamentou pelo momento em que passa a Câmara de Vereadores perante à sociedade são-bentense, com muitas críticas ao trabalho dos parlamentares. “Gostaria muito que a imagem de nossos vereadores mudasse fora deste espaço, e que cada um cuida de sua história, de seu nome, e também do Legislativo”, disse. “Torço para que as coisas sejam bem esclarecidas e para que as pessoas voltem a acreditar em todos os senhores vereadores, e nós também”, concluiu.

Já a denúncia contra o vereador Fernando Mallon foi rejeitada por unanimidade. O suplente do MDB, Lírio Volpi, assumiu o lugar de Mallon, que estava impedido de votar. Criticou a “politicagem barata” como classificou a denúncia, destacando que é preciso ficar mais atento à comunidade e não às picuinhas.

A informação foi publicada na coluna Panorama Político desta terça-feira (11).

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.