Geral

03/12/2019 10:45

ALERTA

Bombeiro passa dicas importantes para não se afogar em rios, piscinas e praias

Divulgação

Blitz educativa foi realizada na SC-418

Matheus Müller - matheus@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Nos últimos dias foram realizadas ações pelo Corpo de Bombeiros para marcar a Semana de Prevenção ao Afogamento, encerrada sábado (30), com iniciativas de conscientização em todo o país. Em São Bento do Sul, a semana foi marcada por palestras em escolas e blitz educativa sobre o tema.

O coordenador do serviço comunitário do Corpo de Bombeiros de São Bento do Sul, cabo Joni Lopes, destaca que são muitos os cuidados que devem ser tomados quando o assunto é água, seja de rios, mares ou piscinas. No caso dos rios, a principal dica é não superestimar o seu conhecimento em natação. “Muitos acham que nadam bem, se descuidam, e é ai que ocorrem os acidentes”, comenta. Ele cita o uso de colete em embarcações, e também evitar mergulhar de cabeça, assim como não ingerir bebida alcoólica antes de entrar na água.

Na piscina, o cuidado deve ser total com as crianças, que costumam frequentar muito o ambiente. “Não dá para tirar os olhos, em 10 segundos ela pode mergulhar ou ir onde não da pé”, cita o bombeiro. Outra dica importante é quanto ao ralo de sucção, ter cuidado para evitar qualquer problema.

Já no mar, é importante observar se a praia conta com a presença de guarda vidas, e também ficar ligado nas sinalizações de bandeiras. A bandeira vermelha indica mar perigoso; a amarela, nível de atenção, e a bandeira verde é mar apropriado para banho. Não se deve adentrar muito ao mar, com a água no máximo até a barriga. “Água no umbigo, sinal de perigo”, lembra Joni.

Se presenciar um afogamento, a recomendação é oferecer um objeto flutuante para a pessoa e acionar imediatamente o serviço de emergência 193. Caso a vítima de afogamento já esteja fora da água e com os sinais vitais normais, como pulso e respiração, a recomendação é mantê-la deitada para o lado direito até a chegada da equipe de socorro.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.