Política

06/07/2020 08:40

RECONSTRUÇÃO

Bolsonaro promete ajuda após ciclone que deixou estragos por Santa Catarina

DIVULGAÇÃO

Presidente pousou no aeroporto de Florianópolis e foi recebido por autoridades

Estadual

O presidente Jair Bolsonaro garantiu que o Governo Federal irá auxiliar o Estado de Santa Catarina na reconstrução das estruturas danificadas pela passagem de um ciclone bomba, na última terça-feira (30). Ele sobrevoou na manhã deste sábado (4) as cidades de Tijucas e Governador Celso Ramos, duas das mais atingidas pelos fortes ventos.

Após o sobrevoo, o presidente participou de uma reunião com representantes do Governo do Estado e do Fórum Parlamentar Catarinense. O governador Carlos Moisés acompanhou o encontro por videoconferência, pois está em isolamento domiciliar por ter sido infectado pelo novo coronavírus. “Com a presença do presidente Bolsonaro, tenho a certeza de que o Governo Federal está atento a essa nova dificuldade que surge para os catarinenses. Após esse primeiro momento de assistência humanitária, virá a parte da reconstrução, e esperamos que o Governo Federal nos atenda nesse sentido”, destacou Carlos Moisés.

O governador reforçou mais uma vez a importância do alinhamento com o Governo Federal, principalmente, nesse momento de urgência no atendimento à população. “Quando decretamos estado de calamidade pública, o processo abrangeu 135 municípios e hoje o número de cidades afetadas já chega a 185”, disse Moisés, que agradeceu pela presença do presidente, do ministro Rogério Marinho e do coronel Lucas, secretário Nacional da Defesa Civil.

Carlos Moisés também solicitou que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) modifique os seus protocolos quanto às linhas subterrâneas de energia. Segundo Carlos Moisés, é necessário que se facilite a adoção desse protocolo, para que no futuro possa ser evitado danos tão extensos na rede elétrica em caso de desastres climáticos.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.