Segurança

21/09/2018 08:16

CRIME NA VILA SÃO PAULO

Autor de duplo-homicídio em São Bento fica em silêncio durante depoimento

Divulgação

Polícia divulgou apenas a foto de costas do autor

Christian Hacke - christian@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Após matar seu pai e sua meia-irmã na noite de terça-feira, Osmar Unisesky Junior se apresentou na tarde de quinta-feira (20), ao lado do seu advogado, na Delegacia de Polícia Civil de São Bento do Sul. Junior permaneceu calado durante todo o depoimento, prestado ao delegado Gustavo Muniz Siqueira.

Conforme o delegado, durante as buscas o acusado tentou forçar a apresentação na delegacia em uma tentativa de manipular a investigação, o que poderia gerar a liberdade imediata de Junior. "Destaca-se, ainda, que a arma do crime não foi apresentada e que a prisão em flagrante, prorrogada ao limite pela defesa, se tornaria facilmente combatida", concluiu Gustavo. Sendo assim, a representação foi levada ao Fórum da Comarca e a prisão preventiva foi decretada às 18h50 de quinta.

Junior permanece detido na Delegacia de Polícia em São Bento do Sul, onde está à disposição da Justiça. Agora ele aguarda vaga no sistema prisional do Estado. A arma do crime ainda não foi entregue na Delegacia e a defesa do acusado já trabalha com o habeas corpus.

Relembre o caso
O duplo homicídio foi no bairro Brasília, por volta das 20h15 de terça-feira (18). Junior matou o pai, Osmar Unisesky, de 61 anos, e sua meia irmã, filha de Osmar, Franciele Aparecida Jelinski Unisesky, de 19 anos. O crime foi gravado por câmeras de segurança. 

Confira mais informações sobre a investigação no jornal impresso desta sexta-feira (21).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Segurança

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022