Segurança

06/12/2018 11:48

CRIME NA VILA SÃO PAULO

Autor de duplo homicídio em São Bento deve ser levado a júri popular

Ricardo Otto / Jornal A Gazeta / Arquivo

Equipe do Instituto Geral de Perícia no local do crime, em setembro

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

Outras quatro testemunhas foram ouvidas quarta-feira (5) em audiência de instrução e julgamento no Fórum de São Bento do Sul, referente ao processo que apura o caso de duplo homicídio cometido pelo advogado Osmar Unisesky Júnior. Em setembro, ele tirou a vida de seu pai, Osmar Unisesky, 61 anos, e de sua meia irmã, Franciele Aparecida Unisesky, 19.

Agora, o processo segue para seus trâmites finais, onde serão anexados somente documentos, uma vez que todas as testemunhas já foram ouvidas. A expectativa é de que o crime seja levado a júri popular, que deve ocorrer no início do próximo ano. Júnior esteve no Fórum, mas não pôde se manifestar. Ele já deu sua versão do crime na última audiência.

Relembre o caso
O duplo homicídio foi no bairro Brasília, por volta das 20h15 do dia 18 de setembro. Junior, que ficou em silêncio durante seu depoimento, matou o pai e sua meia irmã, sendo gravado pelas câmeras de segurança do local. A polícia acredita que o crime tenha sido premeditado pelo autor, e o inquérito apontou que ele pretendia simular um assalto. Júnior segue à disposição da Justiça, atualmente detido na penitenciária de Itajaí.

Veja mais informações sobre a audiência no jornal impresso desta quinta-feira (6).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Segurança

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022