Segurança

06/11/2018 11:10

CRIME NA VILA SÃO PAULO

Autor de duplo homicídio é denunciado pela Promotoria de Justiça

Reprodução

Junior foi gravado pelas câmeras de segurança do local do crime

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br
São Bento do Sul

O Ministério Público de Santa Catarina denunciou o advogado Osmar Unisesky Júnior por duplo homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. A denúncia apresentada à 3ª Vara da Comarca de São Bento do Sul expõe que o acusado – preso preventivamente no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí – agiu "mediante dissimulação, surpresa e recurso que dificultou a defesa das vítimas, agindo por motivo torpe". O pedido é que ele seja julgado pelo Tribunal do Júri.

As vítimas no caso são dois familiares, o pai Osmar Unisesky e a meia-irmã Franciele Aparecida Jelsinky Unisesky. O documento detalha toda a ação do acusado e relata que, no dia 18 de setembro, por volta das 20 horas, o advogado foi até o escritório onde ambos estavam trabalhando e os surpreendeu com uma arma de fogo. Segundo a denúncia, Junior agiu ciente dos seus atos.

O promotor também descreve que o crime foi praticado por motivo torpe, no caso, por conta dos destinos dos bens da vítima Osmar Unisesky, que passou a dar "suporte afetivo e financeiro" para a filha após reconhecer a sua paternidade. A denúncia pede que o Tribunal do Júri julgue Osmar Unisesky Júnior, que completou 35 anos de idade em outubro, dias depois do ocorrido no bairro Brasília. 

Leia todos os detalhes da ação do criminoso no jornal impresso desta terça-feira (6).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Segurança

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022