Política

20/11/2020 16:05

ELEIÇÕES 2020

Após conseguir 708 votos e não se eleger, Janice já pensa na próxima eleição

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Mesmo com 708 votos e sendo a 10ª candidata mais votada, Janice Gonçalves não foi eleita vereadora e nem suplente em São Bento do Sul. Isso porque, para ocupar uma cadeira na Câmara Municipal, também deve ser levado em consideração o quociente eleitoral, e não só a quantidade de votos conquistados. Ela disputou o pleito pelo Podemos, partido do então candidato a prefeito, Nivaldo Bogo.

A são-bentense estava otimista, mas o resultado foi além do esperado. Janice pretende dar sequência ao seu projeto de ingressar na carreira política. A luta pelos animais lhe estimulou a participar da disputa, já que é conhecida pelas atividades desempenhadas pelo do grupo “Galera do Bem”. No entanto, ela acredita que outras ações exercidas também contribuíram com a soma considerável de votos.

“Através da causa que eu represento, acabo descobrindo muitas coisas. Por trás de um cão e um gato têm histórias tristes, doentes e situações de desespero. Há uma carência muito forte na área da saúde e que assusta. Pude me inteirar dessas necessidades, acompanhar e fazer campanhas discretas para ajudar algumas pessoas. Lógico que não consegui atingir a todos, até porque, no meu caso, trabalho numa empresa e não tenho um salário que me permite fazer mais coisas. Mas, dentro daquilo que eu posso e com as parcerias que tenho, vou longe”, pondera.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.