Geral

20/11/2020 13:59

CENAS CRUÉIS

Animais morrem em ataques de cães e PM salva cachorro com pata quebrada

DIVULGAÇÃO

Na Estrada Rio Negro, animal machucado foi salvo em ação da PM

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Moradores da Rua Francisco Wenceslau dos Santos, no bairro Centenário, têm se deparado com cenas cruéis nos últimos dias. Muitos animais morreram ao serem atacados por cachorros ferozes, que ficam soltos pela via.

Na semana passada, oito filhotes de gatinhos foram mortos, segundo uma residente local. Já na quarta-feira (18), a vítima foi um peru e quinta-feira (19) mais dois gatos e outro bichinho, que ela não conseguiu identificar. O fato ocorreu dentro da sua garagem. “Tudo isso às 4 horas da manhã”, conta.

Ela não registrou nenhum Boletim de Ocorrência (B.O.) ainda e não levou o caso até uma entidade protetora de animais. No entanto, mostra-se revoltada, principalmente porque a sua casa é toda cercada e os cães estão furando a tela de proteção. A são-bentense também pede que os vizinhos cuidem de seus animais para que não ocorram mais casos semelhantes.

PM salva cão
Na manhã de quinta-feira (19) outro caso chamou a atenção, na Estrada Rio Negro. Por volta das 10 horas, enquanto realizava rondas, a Polícia Militar avistou vários cães atacando um cachorro. Eles agiram imediatamente para resguardar a vida do animal, que apresentava uma pata quebrada e alguns ferimentos.
A ocorrência também contou com o apoio da Vigilância Sanitária e da Associação Protetora de Animais (APA) do município. Eles auxiliaram no resgate e encaminharam o pet para tratamento veterinário.

Maus-tratos
Situações de maus-tratos têm ocorrido com frequência na cidade. No último mês, em Serra Alta, foram denunciados casos de envenenamento. Vale lembrar que esse tipo de conduta é crime e a pena é de dois a cinco anos de reclusão, além de multa e a proibição de guarda. Denúncias podem ser feitas na ouvidoria da Prefeitura, através do telefone 3631-6072.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.