Geral

12/08/2020 14:26

COMÉRCIO VIRTUAL

Analista de marketing cita dicas para vendas online e atendimento digital

REPRODUÇÃO

Ana Paula durante o webinar

Matheus Müller - matheus@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Cada vez mais em alta, as vendas online e o atendimento digital foram tema de webinar realizado recentemente. Conduzido pela consultora de marketing estratégico e digital do Sebrae, Ana Paula Esser, o evento foi realizado pelo Sebrae e organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de São Bento, com apoio da Acisbs e CDL.

Em sua fala, Ana Paula explicou didaticamente como operacionalizar as vendas online, desde meios de pagamento, logística e canais de atendimento digital. Ela lembra que com a pandemia muitas pessoas estão tendo ou tiveram a primeira experiência em compra online, tanto em grandes redes quanto nas lojas de bairro. “Muitas pessoas têm receio de sair de casa, e esse atendimento delivery tende só a crescer”, cita.

As ferramentas disponíveis para chegar até o seu cliente de maneira digital são mais do que conhecidas pela comunidade, e cada uma apresenta uma peculiaridade. O WhatsApp é importante por permitir o envio de fotos e vídeos do produto, respostas rápidas, além de ter funções diferenciadas no Whats Business, voltado para as contas comerciais.

No Facebook é possível manter uma fanpage com messenger habilitado, além do selo de “responde rapidamente”, quando a empresa responde em pouco tempo as dúvidas dos clientes. “É importante ter respostas pré-salvas, levando em conta as perguntas mais feitas, para agilizar o atendimento”, reforça.

Outra rede social muito usada é o Instagram, através das mensagens diretas, comentários e stories. “Use muito as ferramentas para informar os seus clientes sobre seus produtos e serviços, para que eles não precisem recorrer sempre com dúvidas”, cita Ana Paula, lembrando a importância de se manter também um chat no site, com automatização e perguntas pré-programadas.

Para os clientes que não estão nas redes sociais, o atendimento segue sendo feito por telefone. “Momento para conversar com o cliente, entender suas necessidades, satisfação, ainda é um canal muito importante”, acredita a analista de marketing.

Ela destaca que é possível fidelizar os clientes na era digital, apostando em atendimento rápido e ágil, suporte como parte da venda do produto ou serviço, criação de experiências diferenciadas, compromisso com prazos e demandas, e processo personalizado. “Chamar pelo nome, entender o cliente, tentar ser mais ativo no processo de venda, mesmo que pelos canais digitais”, ressalta.

Para completar, ela lembra que o principal é ser empático, tendo a habilidade de ver as coisas pelo ponto de vista do cliente, entendendo o que ele precisa. “Quanto mais empatia, mais conseguimos ler as demandas do cliente e fidelizá-lo na compra”, encerra.

Assista na íntegra

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.