Segurança

09/06/2018 08:22

HOMICÍDIO

Acusado de matar mulher a facadas em Fragosos vai a Júri Popular

Ricardo Otto / Arquivo

Crime ceifou a vida de Géssica Aparecida dos Santos em outubro de 2017

Da redação - editoria@gazetasbs.com.br
Campo Alegre

Sidinei Alves Pereira será submetido ao Tribunal do Júri na Comarca de São Bento do Sul, decidiu o juiz Rafael Spindola Berndt dias atrás. Ele é acusado de ter matado a companheira Géssica Aparecida dos Santos em outubro do ano passado, em Fragosos, Campo Alegre. A data do julgamento ainda não foi definida.

A denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) aponta que, após aproximadamente cinco anos de união estável, ela decidiu terminar o relacionamento. "O denunciado (Sidinei), prevalecendo-se da relação de afeto que mantinha com a vítima e com intenção de matar, armado com uma faca, desferiu cerca de 21 golpes contra rosto, pescoço, peito, abdômen e braço esquerdo de sua companheira, que sofreu, em consequência, as lesões suficientes para causar a sua morte, por anemia aguda", acusa o MPSC.

Sidinei foi preso em flagrante, tendo sua prisão preventiva decretada logo em seguida. A defesa argumenta que não há provas suficientes de que ele matou Géssica, por isso seus advogados pedem sua absolvição. Ao ser interrogado no Fórum, o acusado ficou em silêncio. Testemunhas, porém, indicam a possibilidade de ele ser o autor do crime. A polícia também desconfia do envolvimento de mais uma pessoas.

Confira detalhes sobre os depoimentos do caso no jornal impresso desta quarta-feira (6).

Comentários

Não há comentários sobre esta matéria. Deixe seu comentário

+ sobre Segurança

Leia mais...

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

A Gazeta - Rua Mal. Floriano, 22 - Centro - São Bento do Sul/SC - Telefone (47) 3203-0022