Geral

19/10/2020 13:04

SAÚDE

Acupuntura como tratamento alternativo para regeneração de feridas

LAYRA OLSEN / JORNAL A GAZETA

Erica também aquece pontos específicos da pele

Layra Olsen - layra@gazetasbs.com.br

São Bento do Sul

Toda semana, Edsohn Schroeder atravessa a cidade para tratar uma ferida na perna. Ele reside no bairro Cruzeiro, mas o atendimento é feito na unidade de saúde do Rio Vermelho Estação. Lá, ele é recebido pela enfermeira Erica Maria Elisabeth Flos, que utiliza um tratamento alternativo à medicina convencional: a acupuntura.

As agulhas são aplicadas em diversos pontos próximos a borda da ferida. Para estimular o tratamento, ela também utiliza da técnica de moxabustão, aquecendo pontos específicos da pele e estimulando a circulação sanguínea. “A regeneração tecidual é muito rápida”, afirma. Em outras ocasiões faz uso de um equipamento de laser e óleo de melaleuca, que possui alto poder cicatrizante. A eficácia é surpreendente. “É mais do que provado que acelera a cicatrização”, salienta. 

O resultado também depende da dedicação do paciente. “É uma parceria. O meu trabalho equivale a 50%, o restante depende de cuidados. Não é só colocar as agulhas que a mágica vai acontecer”, frisa. É essencial, portanto, manter o repouso do membro e a pele hidratada, seguir uma dieta adequada, ingerir muita água, seguir a medicação prescrita pelo médico e efetuar a troca regular do curativo, de preferência num posto de saúde. 

Atendimento
O atendimento, a princípio, seguirá apenas no Rio Vermelho Estação. A sessão demora 1 hora e meia, pelo menos. Portanto, quem tiver interesse e disponibilidade em conhecer a técnica, a acupunturista consegue uma brecha na agenda. “Estamos fazendo ciência na unidade de saúde e pelo SUS”, destaca. O telefone do posto do bairro é o 3626-8055.

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.