Geral

07/07/2020 11:10

PÓS-CICLONE

207 unidades sem energia na região

DIVULGAÇÃO

Na região de Rio Natal, boa parte da rede precisa da recolocação de postes

Alexandre Carvalho - alexandre@gazetasbs.com.br

Região

Nesta terça-feira (7) completa-se uma semana da passagem do ciclone por Santa Catarina, deixando estragos em, pelo menos, 204 dos 295 municípios de Santa Catarina. E, devido ao prejuízo, especialmente à rede elétrica, cerca de 207 unidades consumidoras em São Bento do Sul, Rio Negrinho e Campo Alegre continuam com o fornecimento suspenso até às 14h50 desta terça. 

  • São Bento do Sul: 74
  • Rio Negrinho: 82
  • Campo Alegre: 51

O gerente da Celesc de São Bento do Sul, Carlos Alberto Becker Júnior, contou que as equipes continuam trabalhando em ritmo intenso para restabelecer o fornecimento de energia em toda região. Porém, ele alerta que ainda não há previsão de quando o sistema irá retornar à sua normalidade, até porque nesta terça-feira pode ocorrer novo temporal em várias regiões de Santa Catarina. Veja a previsão.

Quanto ao aumento no número de unidades sem energia elétrica ao longo do dia, segunda-feira (6), Becker explicou que isso ocorre devido às várias manobras que as equipes da Celesc precisam realizar para religar as redes que estavam danificadas. “Tem muitos lugares que realizamos os reparos e fizemos a manutenção, e aí tínhamos que acabar abrindo (desligando) os ramais com mais clientes. Por isso, chegamos a ter ao longo do dia (segunda) mais de 1,5 mil unidades consumidoras fora, por conta dessas manobras. Para concluir essas manutenções temos que abrir algumas linhas e isso deixa outros clientes sem energia”, explicou.

Bairros ainda sem luz*

*Levantamento foi realizado às 14h40 desta terça-feira, podem haver alterações.

São Bento do Sul

Rio Negrinho

Campo Alegre

Todos os direitos reservados para A Gazeta. Reprodução sem autorização é proibida.

Ajude-nos a manter um jornalismo sério e com credibilidade. Textos e fotos estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Se quiser repassar a notícia, compartilhe o link.